Hoje perdeu-se...

Hoje não quero escrever porque simplesmente o sonho ficou arrancado e suspenso noutro lugar sem ser em mim. Não me revejo nas palavras, não me revejo mais num olhar que antes parecia bem real mas que agora desvanece por entre as pessoas que parecem ser bem mais fortes do que aquele amor que parecia derrubar tudo. Não acredito em nada, amanhã poderá até ser o inverso, mas agora apenas não quero ver para não sentir e não quero sentir para não voltar a magoar aquilo que de mais vivo tenho em mim. Não se fala, não se escreve, não se vê e apenas não se tenta recordar para deste modo não viver o que por enquanto não quero, o que ainda não tomei coragem de desistir. Não me falem em amor porque certamente hoje vi que ele não existe...
Tudo muda, acaba por alterar-se de uma maneira que nem sabemos explicar, às vezes ganha-se outras apenas perde-se...

Comentários

  1. Parti: http://voucontarteumsegredo-s.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. As tuas palavras são sempre bem-vindas, obrigada! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Nunca amei, contanto, nunca acreditei que o amor exista. O único amor que acredito é o de mãe e não o de romances. No entanto, se não sentes ganas de escrever, não o faça. Procure não alimentar o que há de ruim, ao menos, tente.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário