Há dias assim...

Quantas vezes nos sentimos incompletos? Quantas vezes pedimos um pouco mais de amor ou até de algo que nós próprios nem sabemos o que é? Sentimos um vazio, algo que nada consola, apenas a música que nos leva às recordações de um tempo que já foi vivido mas que acabou por permanecer ancorado a este nosso coração. Hoje apenas é um dia desses, hoje o amor ficou um pouco esquecido porque na realidade nem quis pensar muito nele, vivi, mas aprisionei por umas horas o coração e entreguei-me ao pensar e ao construir de novo os caminhos que pareciam esquecidos há algum tempo. Queria apenas dormir, deitar e fechar os olhos porque nem sempre os dias são de glória nem as noites de alegria, aqui no meu sentir apenas me resta a vontade incondicional de querer que tudo isto crie outra cor que hoje aparece pintada de tons cinza, apenas pedia um pouco mas daquilo que sempre sonhei e daquilo que certamente nunca me esqueci de lutar. Se sentir magoa, se sentir fere então deixem-se sofrer mas desta forma tenho a certeza que um dia posso me orgulhar de ter sido sempre humano de ter vivido de amor e não de puras representações falhadas...
Há dias em que apenas o pouco que vivemos consegue ser o bastante para soltar o sorriso aprisionado e desvendar um coração adormecido...

Comentários