O sentir vai muito mais para além do ter...

Se todas as escolhas que fizesse-mos passassem a uma realidade, escolhia o caminho em que tu te cruzavas no meu, o caminho em que tu não fugisses em direcção a um passado e em que juntos conseguiríamos construir um futuro, uma história que sonhamos desde crianças, desde que aprendemos a amar. Sei que sonhas, sei que sentes e isso leva-te a ti a lugares que muita gente desconhece, que muita gente gostaria de viver, de sentir. Agarra-me na mão que eu te abro as algemas que te prendem a esse tempo, dá-me um beijo que eu não te engano com cada sentir, com cada olhar, com cada som que o meu coração transmite sempre que nos cruzamos, sempre que nos tocamos. Os sonhos são feitos de vontades e as lutas são uma constante, uma forma de vida, uma necessidade para conseguirmos ser felizes, ou seja, a única forma de te poder tocar nem que seja em simples sonhos que me enchem o coração e que me colocam um sorriso no rosto. Tempos passam, pessoas acabam por permanecer, por ficar ancoradas a este meu coração, a esta minha forma de sentir tão igual mas tão diferente das pessoas. Sei que me magoo, sei que acabo por sofrer por aquilo que acabaste por representar para mim, por aquilo que deixaste na minha vida, mas o que seria dela sem ti? O que seria de mim sem ti? Certamente nada, certamente não escrevia assim, não sentia assim, não inventava as minhas histórias de amor, os meus contos ao mesmo tempo tão irreais e tão verdadeiros. Pega-me apenas na mão, fecha os olhos que eu guio-te entre os caminhos mais enganadores e entre aquilo que por vezes te aprisiona, que por vezes te bloqueia uma felicidade que se encontra mesmo na tua frente, mesmo caída nas tuas mãos. A vida dá oportunidades, o destino deixa-nos grandes surpresas, tudo depende de nós, tudo depende de viver um futuro, um presente e não ficar à espera de um passado que acabou por nunca acontecer, tornando-se assim numa utopia inalcançável. Se amar é sentir, sofrer, chorar e até mesmo rir prefiro viver desse amor, porque assim sou humano, assim sou feito de carne e sangue e não mais um boneco que imita mas que não sente aquilo que a vida lhe dá...

Comentários

  1. "Se amar é sentir, sofrer, chorar e até mesmo rir prefiro viver desse amor, porque assim sou humano, assim sou feito de carne e sangue e não mais um boneco que imita mas que não sente aquilo que a vida lhe dá.", tens toda a razão mas, por vezes, sofrer já sofremos o suficiente e lutar por aquilo que o coração sente, leva-nos por caminhos sem saída.
    adorei, o texto, como sempre ((:

    ResponderEliminar

Enviar um comentário