Laços do tempo...

Não sabia que iria custar tanto, a noite hoje está escura e as musicas apenas se tornam mais um motivo para exteriorizar tudo aquilo que sinto, as lágrimas não se contêm e acabam por me cair pelo rosto, a saudade parece tanta e mesmo ontem parti, falta-me já algo e sei que demorarei tempo para preencher de novo aquilo que agora esta um pouco mais vazio. Não me posso esquecer daquilo que mais me fez ver que a vida afinal é bem melhor quando construímos sorrisos do que fomentamos desentendimentos, que um simples abraço pode mudar o dia, o sentir, o querer e até mesmo o sonhar. O olhar, assim fica o olhar, algo que permanece intacto, sublime, verdadeiro e ao mesmo tempo tão real, tão puro. Tornam-se castelos de emoções e avalanches de sentimentos que se arrastam para fora do meu coração que hoje não consegue suportar este tão forte sentir. Reinvento-me entre as fotografias, umas gastas e outras recentes, entre as palavras escritas em cadernos, entre as mensagens que sempre guardei, entre os presentes que se tornam uma forma de recordar o que foi vivido um dia. Apenas me encontro eu, espalhado nas memórias do tempo, sentado nesta cadeira que me balouça entre o céu estrelado desta minha terra e entre a brisa fresca que vem do mar, sei que hoje foi um ponto de viragem mas que nós somos feitos disso mesmo, de pequenos capítulos onde ganhamos, perdemos ou até mesmo que continuamos a lutar para vencer no capítulo que se segue. Sou eu e apenas eu hoje, sinto assim as emoções de uma forma tão intensa que apenas ficarei aqui sentado, escrevendo estes rascunhos, e projectando mais um viajem, mais um projecto que se segue. O amor pode não ser falado, o amor pode até ser ignorado mas acaba por ser vivido, acaba por ser sofrido, sentido e até mesmo abafado pela neblina de um medo que nos atormenta, o medo de falhar. Eu sei certamente que sentes e sei que hoje sentirás tudo aquilo que eu senti ontem, entre a vontade de te pegar na mão e o desejo de fugir do que me parece perfeito...

Comentários

  1. Muito bom texto, escreve bem. Temos sempre que continuarmos a lutar pelo próximo capitulo que se segue. Sigo seu blogue.

    ResponderEliminar
  2. Passo horas a ler os teus textos. Porque me identifico, porque me reconfortam. adoro completamente*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário