Tinta sobre uma tela chamada amor...

            Hoje olho para trás e vejo que não me arrependo de nada, felizmente soube escolher, viver e percorrer os caminhos que me faziam feliz, hoje estou aqui disposto a arriscar, descobrir, lutar, aprender e reaprender. Amo viver assim, e amor acordar todos os dias e saber que estar aqui vale a pena, vale mesmo a pena nem que seja para agarrar oportunidades, aprender com perdas e amar pessoas e situações…
Se sou tinta
Tu és tela
Se sou chuva
És aguarela
Se sou sal
És branca areia
Se sou mar
És maré cheia
Se sou céu
És nuvem nele
Se sou estrela
És de encantar
Se sou noite
És luz para ela
Se sou dia
És o luar
            Apenas sou assim, e apenas sei o que me completa e o que apenas me enche os olhos mas não o coração…

Comentários