Segredo...

Sabes um segredo? Queres que apenas conte o que acredito ou o que idealizo para toda esta minha vida? Pega-me na mão, saltamos de estrela em estrela à procura do lugar onde os nossos corações acabam por repousar. Os meus olhos procuram os teus e as nossas vontades tornam-se apenas numa, parando as horas, mudando o mundo e tornando nós num raio de luz luminoso saído de uma história com final feliz contada a uma criança simples e que ainda desconhece a verdade da vida. O meu sorriso surge depois de ver o teu e a minha vontade cresce a cada momento que sei que o teu sonho é idêntico ao meu, e que nem que seja por esse sonhar igual, estamos unidos e assim continuamos sentados, felizes e prontos para o segredo ser contado e com isso levar a que a cumplicidade não apenas seja de crianças que se gostam mas sim de adultos que se respeitam. Tudo tem um inicio e um fim, é assim a lei da vida infelizmente mas acredito que pode haver uma excepção, apenas uma que passa por aquele amor, que passa barreiras, que rasga sorrisos, que leva sonos, que traz sonhos, que dá vontade de gritar, ou seja, aquele amor que passa a fronteira entre o natural e o desconhecido aquele amor, simples, arrebatador e que dessa forma se agarra à nossa alma deixando as suas marcas para toda a eternidade. Acredito em grandes amores, em grandes pessoas, em grandes sonhos, em grandes felicidades. Tudo depende de nós, do que queremos e da nossa capacidade de lutar por o que realmente nos faz feliz, o segredo é apenas esquecer o medo em casa, guardado, preso, ancorado, e sair para a rua, amar, ser amado, viver, sorrir, chorar, correr, cair e até mesmo nos levantar-mos com os joelhos machucados, o coração magoado mas sabendo sempre que um dia seremos capaz de repetir o mesmo, porque tudo vale a pena nem que seja quando acreditamos em algo e quando se acredita vive-se e quando vive-se não apenas se sobrevive na vida de outros e não na nossa...

Comentários