A vida é mesmo assim...

Dizem que para amar é preciso apenas sentir, dizem que para amar é preciso apenas estarmos dispostos a tal, mas será isso verdade? Amar é mais, amar é muito mais, e despirmo-nos de mascaras, é mostrarmos o que sonhamos, o que queremos, por o que lutamos. Amar é assim é chorar por aquele amor, é passar a noite sem dormir com recordações de imagens e cheiros, é sentir aquele frio na barriga, aquela agitação que não nos deixa estar parados. É bom sentirmo-nos vivos, é bom ter-mos objectivos e correr atrás dos mesmos, de uma forma verdadeira, despreocupada, simples e acima de tudo honesta. O segredo para vivermos a vida é apenas fluir nela, deixar que os dias nos mostrem os caminhos a seguir, adormecer e saber que amanhã iremos viver o que não vivemos ontem mas também sabendo que o depois de amanhã irá trazer mais uma novidade. Não devemos pedir grandes coisas a vida, porque assim sempre que recebemos algo ficamos felizes com aquilo que temos, caso contrário, se acabamos por pedir a esta mais do que ela nos pode dar acabamos por cair no erro de não viver mas sim de apenas jogar a um jogo, de quem tudo quer, que nos acaba por tornar mais infelizes e mais desorientados. Por isso vivam, sintam os dias a passar pelo vosso corpo, saboreiem o que a vida vos dá e ouçam todos os sons que a mesma tem. A vida é mesmo assim, simples para aqueles que a sabem viver e complicada para aqueles que a sabem enrolar...

Comentários