Será que um erro é capaz de originar dois?...

Nem tudo parece tão fácil como é. Quem disse que a vida era fácil? Essa pessoa enganou-se, a vida é complicada, feita de escolhas e mais escolhas, partidas e chegadas, amores e desamores e até mesmo sentimentos bons e maus. Hoje despertei em mais um dia de chuva, nãos gosto do tempo assim, de uma maneira ou outra deixa-me um pouco mais triste e isso faz-me isolar e acabar por ficar em casa no meio das mantas e do quente vindo da lareira que de uma maneira ou outra me aquece o corpo mas também o coração. Lá fora o tempo está um pouco agitado e dentro de casa os meus sentimentos também se encontram no mesmo estado, se ontem acreditava plenamente no meu coração, hoje já começo a sentir algumas dúvidas em relação a tudo o que ele me diz e a tudo o que ele me faz acreditas. Há momentos na vida em que temos de tomar as nossas escolhas e com isto abdicar de algo ou alguém que é verdadeiramente importante para nós, e assim foi o que durante toda a minha vida o fiz e acabei por perder pessoas que jamais esquecerei nem por mais anos que passem nem por mais pulsações que o meu coração dê.
Hoje passe por cá só mais para deixar uma história que gostaria de partilhar, que gostaria que não ficasse apenas comigo mas que todos vocês a consigam entender e compreender a vossa maneira, aos vossos olhos e com os vossos sentimentos. Não leiam apenas sintam, assim desta forma conseguimos ver coisas onde elas não estão e conseguimos sentir coisas que por vezes nunca sentimos.
Ele pensava que jamais voltaria a amar, que jamais conseguiria recuperar tudo o que foi perdido com o tempo e com um amor que o marcou, pois a duração do mesmo foi extensa e os sentimentos aí demonstrados foram intensos, verdadeiros e muito fortes. Ela por seu lado, ainda uma menina mas já mulher, também viveu o seu grande amor e a ele permaneceu presa mesmo sabendo que jamais voltaria a viver o que tinha vivido com aquela mesma pessoa. Ambos sabiam que existia algo diferente, ambos sabiam que os olhares não eram simples olhares e que as vontades e desejos eram entendidas pela outra pessoa da mesma forma. Tudo isto tinha para dar certo, ele voltou-se a apaixonar e ela, finalmente, conseguiu desprender-se do passado e começar a voltar a viver o presente acreditando num futuro um pouco mais risonho. Assim foi, mas ambos tinham a sua mentalidade em relação ao amor e ele acabou por errar no momento em que apenas se ficou pelas palavras e não pelos gestos e pelas atitudes e ela acabou por o abandonar e por desistir mesmo sem antes arriscar devido a um simples e não sentido “Amo-te”. Amar não é apenas gostar, amar é bem mais do que isso, é sentir a outra pessoa, é conhecer a outra pessoa saber os seus defeitos, as suas virtudes, os seus sonhos, o seu acordar, o seu adormecer e amar cada coisa dessas e respeitar acima de tudo a pessoa em si. Amar é muito mais e não se pode amar do dia para noite e acima disso, condeno que diz amo-te apenas e somente da boca para fora, de uma maneira mal pensada mas acima de tudo mal sentida. Se o tempo voltasse atrás as coisas mudariam, ele não teria tanto medo de arriscar, ele não teria tanto medo de dizer e mostrar o seu amor e assim ela apenas não ficava pelas palavras mas sim por muito mais do que isso, gestos e atitudes que lhe aquecessem o seu coração que acima de tudo necessita de amor para viver.
Por tudo isto digo, lutem para não cair no mesmo erro, pois um dia tudo pode ser tarde, e quem te espera e ama hoje, amanhã pode partir, pois não suportou a dor e até mesmo tempo que ficou a tua espera e de quem acabou por não aparecer...

Comentários