Palavras que aparecem numa véspera de natal...

Nem sempre as palavras aparecem com a intensidade que desejamos e hoje é um dia desses, as palavras que em dias tiveram força hoje apenas desejam passar a actos, as palavras que antes era escritas agora somente querem passar a uma realidade que desconhecem. Estou farto que tudo isto seja um conto de fadas, a vida é para ser vivida e todos sabemos que o tempo não espera por nós nem pelas nossas dúvidas e reticencias acerca de algum assunto ou pessoa que se cruza na nossa vida. Espero que este ano tudo seja diferente, necessito que tudo mude, que tudo se altere e que com isso traga algo mais a minha vida, algo que jamais esquecerei e acima de tudo algo que me faça avançar e lutar com maior intensidade.
Por vezes o erro aparece na nossa vida e acreditem que a mim apareceu e não há muito tempo, esse erro marcou-me mas fez-me aprender que nem sempre as coisas são aquilo que aparecem e que uma luz que nos cativa nem sempre é aquela mais forte e aquela mais verdadeira. Quantas vezes olhamos para o céu e encantamo-nos por uma estrela, aquela que tem uma luz mais forte, aquela que chama mais a atenção, mas sabem de uma coisa? Aquelas que têm a luz mais forte não são estrelas mas sim planetas que são iluminados ainda pela luz do sol o que os torna bem mais cintilantes e cativantes. Isso é como tudo na vida, por vezes fazemos juízos de valor acreditando que uma pessoa é o que ela na verdade não é, ou até mesmo não damos o devido valor a alguém que na realidade tem muito para nos dar e ensinar. O ser humano é mesmo assim, fica ofuscado por uma só luz e esquece-se de todas as outras que o circundam e que podem trazer bem mais cor e alegria as suas vidas.
Espero que este ano que vem aí me traga surpresas, que me traga novos sonhos e novas pessoas que não sejam mais um erro mas sim um estimulo e uma alegria para continuar a ser quem sou e a lutar pelo que mais quero. Acredito que não só eu mas como todos vocês acabarão por ter essa sorte, espero eu, e que daqui a um ano possa estar a escrever estas palavras, habituais, mas com muito mais intensidade e muito mais realidade em cada texto aqui exposto. Escrevo histórias, escrevo vontades e sonhos mas em cada uma delas eu me revejo e revejo muitas das pessoas que me rodeiam. Quem não quer viver um grande amor? Quem não luta para alcançar aquilo que mais deseja? Quem não arrisca por vezes mesmo com medo de falhar? Acho que nisto todos somos iguais e temos como objectivo viver cada dia, cada hora e cada minuto como se a nossa vida terminasse ali, ou seja, de forma intensa, “devorando” e descobrindo tudo o que essa mesma vida nos dá.
Espero por alguém que na realidade entenda estas palavras, espero por alguém que se esconde e que não é capaz de lutar para viver o seu grande amor sabendo que está a viver neste momento uma farsa. Cada pessoa é como é e eu jamais conseguiria viver uma vida enganado ou preso a um orgulho que na realidade me fazia errar e pensar sistematicamente que tudo o que estou a fazer é um erro. Mais vale errar por aquilo que se sabe que a princípio não é um erro mas sim algo verdadeiro do que continuar a errar e a viver uma mentira somente porque a vontade de prender uma verdadeira paixão é maior...

Comentários