Se não sabes o que queres, eu sei pelo o que luto...

Há vezes que as coisas não são como parecem, há dias em que pensamos uma coisa mas afinal tudo não passa de um tremendo engano tanto para nós como para toda a gente que nos rodeia e que assistem a tudo de uma forma passiva e despreocupada. Não gosto de histórias já contadas, historias que nem mal começaram e já tem um fim destinado, faz-me lembrar aqueles filmes que vamos ver ao cinema e que por infelicidade basta ver o primeiro quarto de hora e já adivinhamos o desfecho de tudo aquilo.
As palavras são para ser ditas, os sentimentos para serem demonstrados e os assuntos pendentes para serem sempre esclarecidos e não guardados num coração que mais cedo ou mais tarde começa a dar sinais de um cansaço extremo. Nem sempre ou melhor dizendo nunca mas nunca nós devemos sentir superiores aos outros e pensar que estamos acima de pessoas só porque elas demonstram sentimentos e vontades que baralham a tua cabeça e faz com que o teu coração fuja.
Sou uma pessoa persistente por natureza e não é desta vez que vou desistir de lutar por aquilo que verdadeiramente quero e acredito, já lá foram os tempos em que tudo ficava guardado dentro do meu peito e em que esperava que o amor viesse ter comigo de uma forma mágica. Não podemos ser passivos neste mundo actual, temos de lutar, batalhar e até mesmo gladiar para termos aquilo que queremos e que ambicionamos para o nosso futuro.
Já te disse que não gosto de brincar e muito menos de jogar ao gato e ao rato nesta fase em que pretendo assentar pilares e construir uma vida sonhada a um e vivida pelos dois. Não gosto de coisas ditas só por dizer, não gosto de coisas sentidas de uma forma que parece forçada e muito menos não gosto de falsos amares como se de uma peça de teatro se tratasse.
Por isso tudo e por hoje estar assim apenas te digo que jamais uma pessoa é feliz se pelo menos não apostar em algo ou alguém que lhe quer tão bem e que todos os dias pensa e repensa certas atitudes e actos que acabam por ser esbatidos por um sentimento que se chama amor ou, para não haver falsas leituras, carinho...

Comentários