Se não é amor então o que será?...

Hoje apetecia-me largar tudo, tentar viver uma nova vida, ter um novo sonho, viver como um pássaro empurrado para onde a aragem me levar. Quero ser livre, conhecer montes e vales, beber água num charco onde nunca ninguém foi e acima de tudo amar alguém que verdadeiramente mereça.
Cara de anjo, jeito de anjo é assim que te descrevo mas infelizmente não correspondes aquilo que eu tão carinhosamente deposito em ti, sobre as tuas pequenas mãos sobre o teu pequeno corpo. Será que não consegues esquecer o passado? Será que não consegues dar mais uma oportunidade a ti de seres feliz? Não custa arriscar, não custa viver o que custa mesmo é ficar eternamente à espera de algo que acaba por não chegar.
Será que não entendes? Será que muito menos não sentes? O meu corpo passado este tempo começa a latejar, a minha alma começa a desvanecer e o meu coração já não suporta mais os golpes que traças nele como se de um boneco de peluche se tratasse. De momento estou aqui mas mesmo assim ainda acredito em nós mas sei que isto não dura eternamente e que um dia, quem sabe se não será um dia bem próximo, a minha cabeça contraria o meu coração obrigando-o a partir noutra direcção mas sobretudo obriga-o a encontrar outro amor.
Dou por mim a pensar porque será que estou a viver neste impasse e esta angustia se tu apenas és uma pessoa no meio de tantas outras que estão neste nosso mundo? A resposta é apenas uma pois em cada gesto, em cada cheiro, em cada expressão em cada vontade, em cada sonho, em cada dia, em cada noite, em cada conversa de amigos, em cada palavra escrita e sobretudo em cada sentimento lembro-me de ti e do quão importante és para a minha vida. Se isto não é amor então o que será? Responde-me...
Não quero partir mesmo antes de tentar, não quero fugir mesmo antes de sentir e muito menos quero esquecer antes de amar...

Comentários