Se amar-te é um erro, então deixa-me arriscar...

Sede de viver, hoje acordei com uma sede de viver fora do normal, tenho uma vontade enorme de me agarrar à vida de despertar para novos sentimentos e de viver cada dia como se fosse o ultimo. Esta noite foi muito agitada, a minha cama ficou desfeita de tantos sonhos e pesadelos que entraram pelo meu quarto e que me fizerem quase perder o ar de tanta mistura de sentimentos que eles me iam trazendo.
Hoje sonhei contigo, mas depois de todo um sonho de que me encheu de felicidade veio o pesadelo, o pesadelo de te ver partir com a tua indiferença e com o teu jeito mimado de ser. Sabes que mais? Não sei se tudo isto vale a pena, se tudo isto é verdadeiro mas acima de tudo se tu vales a pena, já que perece que sou o único que vejo o que tens de bom no meio de tantos os outros que nem sabem como és.
Hoje quero viver, apesar de o dia incentivar a ficar em casa agarrado a algo que me distraia e que me faça abstrair do teu rosto que está constantemente a aparecer em objectos, perfumes e expressões de pessoas que aparecem na televisão. A minha vida já não faz sentido sem ti, mesmo que seja ao longe, mesmo que seja distante, mesmo que seja apenas um cruzar de olhos sei que se tu desaparecesses também desaparecia uma parte de mim, uma parte do meu ser mas sobretudo uma parte da minha felicidade de viver.
Há palavras que mais valiam ficar guardadas e sentimentos que nem deviam existir mas a verdade é que eu não consigo esconder o que vai dentro do meu coração, dentro do meu ser e especialmente não consigo esconder que gosto de ti. Quero-te com todas as minhas forças, não sei se é um erro mas se tudo for um erro pelo menos que seja um erro bom...

Comentários