Não poderia deixar de escrever para ti...

Hoje o dia foi puxado, não tive tempo nem quase para respirar as coisas que tenho para fazer acumulam-se e o tempo parece apertado mas não poderia deixar este dia em branco e não escrever nem que seja umas simples palavras para ti. Nem todos os dias são dias claros e dias para pensar mas a verdade e por mais ocupado que estive nunca te esqueci, nunca me esqueci de pensar em ti e muito menos não me esqueci do lugar que já ocupas no meu coração.
Hoje tudo foi um misto de emoções, raiva, desespero, alegria quando senti a tua presença e acima de tudo amor porque em cada coisa que faço coloco um pouco de mim e ao colocar um pouco de mim coloco um pouco do meu amor e das minhas emoções. Hoje queria-te tanto abraçar, sentir a tua pele, o teu cheiro, o teu jeito de ser e acima de tudo o teu amor.
Amanhã espero te encontrar nem que seja em sonhos ou até mesmo na realidade dos nossos dias, não consigo já viver um minuto sem te sentir por perto, já não consigo viver sem saber que estás ai e muito menos não consigo dormir sem saber que estás bem.
Por hoje tudo fica assim mas amanhã espero que o que resta de sol, entre pelo meu quarto e me acorde com vontade de dizer-te tudo aquilo que está preso na minha garganta e não consigo te dizer hoje não sei se é pela vergonha de mostrar mais um pouco de mim ou até mesmo do medo de enfrentar os meus fantasmas e derrubar as barreiras que nos separam temporal e fisicamente.
Adoro os dias em que vens e me iluminas com a tua luz, pois toda a gente tem a sua luz própria mas nem toda a gente tem uma luz tão brilhante como a tua...

Comentários