Hoje quero te contar...

Uma noite ao luar sem ti, um castelo sem princesa, uma vida a viver sem ti, um verão sem calor é assim quando tu não estas na minha vida, quando não sinto a tua presença ao pé de mim e quando vejo o teu afastamento que me magoa e me faz questionar se tudo isto vale a pena. Há dias assim, em que apetece desistir de tudo, deitar sonhos a baixo e tentar construir outros sobre as ruínas em que o meu coração se encontra.
Hoje não sei o que fazer não sei se saio e tento viver a vida com o máximo de intensidade fazendo com que este dia pareça o último da minha vida ou, se por outro lado, fico em casa a recordar episódios da minha vida que me faz feliz e que me marcaram tanto. Sabes que é nos momentos mais calmos e em que estou sozinho que tu apareces mais vezes no meu pensamento? Pois é, tu estás sempre presente em qualquer acção que eu realize durante o dia.
Vejo tanta gente a minha volta e muita dessa gente é feliz, encontrou a sua alma gémea, vive cada dia com uma emoção de sentimentos mas acima de tudo vive o amor na sua plenitude. É tudo isto que queria e será que é pedir de mais? Acredito no amor acima de tudo e acredito nas palavras que dizes mas o amor não vive só de palavras mas sim de gestos e esses teimam em não aparecer na minha vida.
Não quero acabar por partir noutro barco em direcção a um destino diferente, o destino colocou-te no meu caminho, eu escolhi-te a ti no meio de centenas de pessoas que passam por mim, eu sonho contigo, eu vibro quando te vejo, eu transpiro quando te sinto perto. O que será que tudo isto significa para ti? Não sei se apenas não entendes tudo por seres uma rapariga com jeito de bebé ou se apenas não és capaz nem sabes amar.
Sabes o que te digo, o tempo pode passar mas o sentimento, esse, continua sempre lá e a cada dia que passa, a cada minuto que voa e a cada segundo que respiro tudo se torna mais forte, tudo se torna mais verdadeiro...

Comentários