Será que sentes?...

Página virada, folha rasgada e uma nova história a surgir como se uma leve brisa voltasse a entrar de novo pela janela que antes estava fechada. Espero que tudo seja ideal, tudo claro, tudo verdadeiro e que cada gesto, cada olhar e cada palavra tenha sempre consigo um pouco de amor. Tenho tanto para dar e tanto para receber que todo o tempo do mundo não chega. Conto as horas, os dias, os momentos para te abraçar, para te mimar e para te amar acima de tudo.
Há pessoas que passam pela nossa vida e nela nada deixam marcado, ou por serem uma desilusão, ou por passarem desapercebidas ou até mesmo por nunca demonstrarem um sentimento de amizade. Amigos verdadeiros não se encontram ao virar da esquina, amigos verdadeiros conquistam-se e após isso luta-se para os preservar para sempre. Acredito na amizade naquelas pessoas que estão sempre lá e que também sabem que nós lá o estamos quando eles mais precisarem.
Adoro cada momento vivido com intensidade, cada momento forte e onde estamos rodeados daqueles que verdadeiramente valem a pena e que sabemos que estarão sempre lá “pequenos portos de abrigo” ou até mesmo “ancoras onde nos podemos atracar sempre que o mar nos parece mais agitado”. Para mim a amizade é dos sentimentos mais puros e nobres à face da terra, é tão bom ter um amigo para dar uma gargalhada, rir com uma piada, ou até mesmo desabafar quando parece que temos o mundo todo em cima das nossas costas.
Há pessoas que vão e vêem todos os dias, a toda a hora na nossa vida e só uma pequena parte dessas mesmas pessoas cravam a sua marca no nosso coração e nos deixam com vontade de viver e acima de tudo de amar, pois há coisas que não se escrevem…SENTEM-SE.

Comentários