Complicado de desvendar…

Porque que tudo é complicado quando deveria ser o mais simples e verdadeiro possível? Muitas são as pessoas que se enganam e que se resignam a esse mesmo engano com o medo de voltar a enganar-se de novo, ou seja, vivem vidas já vividas, sentimentos construídos em cima de mentiras e sobretudo vivem sem o verdadeiro amor que as enche de alegria e felicidade.
O pior nesta vida, para além de sabermos que um dia iremos perecer, é saber que não se tem amor e que nunca sentimos esse sentimento tão forte e ao mesmo tempo tão frágil como se de um bater de asas de uma libelinha se tratasse.
Não sei se é defeito meu, mas quando me agarro a alguem, agarro com as duas mãos de uma maneira forte para não a perder. Adoro estar com os sentimentos a flor da pele de sentir as emoções de gostar de alguém mas acima de tudo adoro estar desperto para o amor.
Quero ser eu e quero que tu sejas tu, desprovida de falsas actuações de actriz mas sim apenas focada no teu ser e na tua forma de estar pois é essa forma de criança/mulher que me cativa e que me faz acordar a cada dia com a certeza que estou no caminho certo e que dele não vou desistir tão cedo.
Se o problema é tempo eu espero uma eternidade, e se o problema for a distância física que separa estes nossos dois corpos eu mudo a mim e o meu coração de malas e bagagens ao encontro do teu coração esteja ele onde estiver.
Não quero aquilo que pensas mas também não digo que não é uma das minhas vontades e sonhos…

Comentários