Amores de enganos…

Não quero que seja mais um engano, algo que magoe e que faça ambos sofrer e que no fim surja um arrependimento tão forte que nem a maior alegria do mundo o consiga apagar. Não quero que seja infeliz, não quero que seja frio, não quero que seja fraco apenas quero que seja um grandioso amor.
Sinto que as horas passam, que os dias ficam mais curtos e que tu não vens em minha direcção e corres para o amor que tenho para te dar. O meu coração já não suporta a tua falta o teu olhar se desviar sempre que passar por mim mas sobretudo o teu silêncio que se torna cada vez mais forte a cada dia que passa.
Quero te amar de verdade, quero te respeitar, não sei se não entendes o que te quero dizer mas o que quero na realidade é te conhecer e fazer de ti uma pessoa muito mais feliz. Não suporto mais viver esta angústia de saber ou não saber, de amar ou não amar de correr em direcção a ti ou apenas virar o rosto e mudar a minha vida.
Nunca te podes esquecer que a vida é feita de encontros e desencontros e se verdadeiramente ou por coincidência encontras alguém deves pelo menos tentar ver se desse feliz encontro poderá surgir algo ou se essa outra pessoa pode ser o grande amor da tua vida.
Não se deve desistir antes de se arriscar pois só vivendo essa aventura é que nós sentimos o que de verdade há entre duas almas que se querem amar e sentir para o resto da vida. Se tu desistes sem arriscar eu arrisco sempre e vivo cada momento como se fosse o ultimo.
Adoro-te…

Comentários