"As palavras que te escrevi"

Quero que saibas que sempre te vou amar,
Mesmo que me vejas partir... ir.
Naquilo que não faz parte de mim,
Num caminho que não me faz... sorrir.
Quero que saibas que todo o meu coração é teu,
Que choro na saudade do teu abraço,
Na falta do teu beijo em que me sinto completo.
Quero que saibas que as horas passam,
Que os nossos destinos se enlaçam,
Mesmo que não nos toquemos,
Mesmo que não nos vemos...
Quero que saibas que esperar custa,
Que lutar custa.
Que não conseguir... custa!
Custa não poder-te ter todos os dias.

Quero que saibas que és tu,
És tu quem comanda as minhas fantasias,
Quem rompe com as utopias,
Quem me faz ser eu - eu, todos os dias.
Quero que saibas que nunca vou desistir,
Que posso partir mas...
Que sempre irei voltar,
Para viver, para amar-te com tudo o que sou,
Dando o que tenho no meu peito,
Amando com todo o meu coração.
Na paixão.
Na devoção.
Na imensidão... deste amor.

Amor... quero que saibas que te amo.
Hoje. Sempre.
Eternamente!
Para além do meu próprio respirar,
Para lá destas minhas letras...

Kutsalınıza hakaret edebilir miyim?

Comentários

  1. Soberbo poema, como sempre.

    Fique bem :)
    Abraço
    Luisa

    ResponderEliminar

Enviar um comentário