"Se um dia for esquecimento..."

Se um dia for esquecimento... lembra-me de tudo o que fui,
Das palavras que te escrevi - do que confessei: ao teu ouvido.
Se um dia esquecer-me de tudo o que sinto, sente o pulsar do meu coração
(A verdade que me corre nas veias - sempre que fomos um: em amor).
Se um dia for esquecimento... não te esqueças de mim,
No vazio do silêncio que não te soube oferecer, nas promessas que não te fiz
(Pois sempre fui um homem errante... apenas um homem imperfeito - que te ama).

Se um dia esquecer-me... faz-me recordar de tudo o que vivemos,
Faz-me pinturas no rosto - alegra os meus olhos gastos pelo tempo.
Se um dia todo o meu ser for esquecimento.... 
Agarra a minha mão e coloca no teu peito - no teu corpo.
Faz de mim memória. Faz de nós a recordação de uma vida.

Se um dia for esquecimento... alegra-te a meu lado e...
Perdoa-me por não me recordar, por não recordar tudo o que vivi.
Se um dia me esquecer... apenas faz-me ver tudo o que partilhamos,
Tudo o que fomos e tudo o que sonhamos -durante uma vida inteira.

Se me esquecer... 
Eterniza-nos mais um pouco,
Torna-nos imortais para além da morte.




Comentários

  1. Sempre inesquecível o seu dom...

    Fique bem.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas palavras e pelo carinho.

      Um abraço e bom dia :)

      Eliminar
  2. Parabéns pelo novo visual da página, está linda.
    Bom Natal

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela simpatia.

      Um abraço e um mês de Dezembro recheado de coisas boas :)

      Eliminar
    2. Muito obrigada e retribuo :)
      Abraço

      Eliminar

Enviar um comentário