"Cada pormenor do teu corpo"

Não te esqueças que te amo, muito para além de mim,
Deste corpo que me reveste a alma – o coração que se bombeia em sonhos.
Amo-te em cada palavra, nos beijos que te dou,
Dando tudo aquilo que sou (e em quem me tornei: com a tua chegada).
Amo-te sem mais nada, sem querer que tudo tenhas,
Sem querer que tudo sejas – querendo-te como és:,com o que me dás.
E… nunca te esqueças que te amo para lá de tudo,
Da morte que não me mata, desta paixão que não se abala
(No passar dos dias em que o sentimento medra: no meu peito).

Não te esqueças que te amo, nas noites mal dormidas,
Na cama vazia que não aquece – quando não estás a meu lado.
Amo-te sem qualquer pecado e… pecado é não amar-te como te amo,
Não querer-te com te quero,
Com todo o meu desejo,
Nesta voraz paixão, que vocifera nas minhas veias.

Apenas não te esqueças…
Não tropeces na saudade, naquela que me leva à insanidade,
De largar o mundo para cair num instante, somente, nosso.
Não te esqueças que te amo e… que nada mais me importa,
Nada mais conta,
A não ser contar… cada pormenor do teu corpo.

Amo-te…



Comentários

  1. Lindo... profundo, o seu coração bombeia paixão. Emocionei-me imenso.

    Uma noite de sonhos inesquecíveis.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado por tudo Luisa.

      Um abraço e votos de uma boa noite. :)

      Eliminar
  2. Tão sentido que me roubaste as palavras da boca e partilhei: http://midentrodemim.blogspot.pt/
    Parabéns pelo teu talento!
    Beijinhos, Mi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela partilha das minhas palavras.

      Um abraço e boa noite :)

      Eliminar

Enviar um comentário