"Deixa-me... Cuidar-te"

Vem, e envolve-te no meu abraço. Neste corpo que pertence... ao teu ser.
Sempre que a saudade se apodera de mim. Sempre que não te encontro... no meu olhar.
Posso falhar, Ser este homem errante, que te ama.
Posso eu ser feito de medos mas... quero que saibas, que te amo.
Fica em  mim, mesmo depois do fim. Mesmo que a distância doa.
Que os rios separem, os nossos corpos. Mesmo que te diga, que me mata... não te beijar.
Vem e fica em mim. Neste amor, que não controlo.
Nesta falta que me causas. Nas horas em que te recordo...
No desejo que tenho de te ter.... nos meus braços.
(Entre cordas e baraços. Que nos unem, para lá da eternidade.)
Prometo apenas não te prometer. Não ser mais, do que aquilo que sou.

Apenas te peço que me deixes amar-te, ser o que nunca ninguém foi.
Libertar-te dos fantasmas, fazer-te acreditar no "para sempre".
Fica agora em mim. Por mais que tudo custe, por mais que tudo demore.
Serei teu para sempre. Quero-te eternamente em mim.
Em tudo o que te digo, com verdade.
Na promessa de te dar, a eternidade.
. Amo-te...




Comentários

  1. Foi pela força das tuas palavras que conheci um pouco de quem tu és. Mas foi pelo teu ser, na totalidade, que me apaixonei, sabias? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O amor é como uma âncora que nos prende na tempestade. Ou se ama com tudo o que temos, ou naufragamos na presença de nada :)

      Eliminar
  2. "Prometo apenas não te prometer" eu já ouvi algo muito parecido... e é mesmo não se conseguir ultrapassar o medo, de ser mais do que se pode ser!

    Adorei a sua promessa, está muito bem descrito todo o sentir. :)

    Uma boa noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas suas palavras sempre atenciosas.

      Uma boa noite :)

      Eliminar
  3. Muito lindo e com toda a pureza que o amor é...com toda a profundidade que ele vai...belíssimo...belo...perfeito!
    Um beijo...obrigada!
    www.escritoraadriana.com

    ResponderEliminar
  4. como sempre um texto soberbo como é natural em tudo o que escreves por aqui. belíssimo trabalho :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  5. Poder cuidar de alguém, trata-lá como algo tão precioso, tão sensível, algo frágil é tão amoroso, saudável... Sabe tão bem, vale uma vida!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário