"Nego-me se não amar-te"

Não! Confesso nada evitar, quando te olho nos olhos e perco-me em ti.
A alma sacia-se na presença deste amor, que se expressa em cada olhar,
No toque com sabor a mar,
Num eterno poema, que conjuga o verbo amar(-te).
Sustenho o ar e mergulho no infinito do sentimento que nutro, pelo teu ser,
Por essa pele que me faz querer, para lá das horas tardias de uma madrugada,
Que não me deixa dormir.
A dor dissipa-se do meu peito, antigos espectros de cor negrume, abalam.
Deixando-te entrar, na firmeza de uma vontade,
Tão voraz, neste peito que clama a tua presença.
Entre passos e devaneios, desta minha alma renascida,
Vejo mais que a despedida, mais que um acto trovado, pelas ruas apertadas de Alfama.
Espero constantemente o teu corpo na minha cama,
Em espasmos de desejo que não contenho...ao pensar-te.
Delineio então, o teu sorriso por toda a parte, em forma de arte,
No imperfeito perfeito daquilo que és...para mim.
Adormeço contigo aqui, no querer que não se esgota,
Na vontade que brota,
Nos dedos, nos lençóis, no peito.
Vem e mata-me de amor, como ave de condor,
Que agarra a preza e faz dela o seu alimento. A sua forma de viver.
Beija-me em segredo, arranca-me tudo e fica no meu coração,
Eterniza comigo uma doce história de ilusão,
E faz-me acreditar que amar-te é
Amar-me, em cada pedaço de nós...


Comentários

  1. R: É desafiante. Muito obrigada :)

    Mais um texto que me deixou vidrada!

    ResponderEliminar
  2. R: vontade de viver não falta, falta é tempo :)

    O teu texto fez-me lembrar de algo que vi hoje sobre o amor (pelos outros) e o amor próprio...

    ResponderEliminar
  3. Bem não era bem a isso que me referia :)
    Ou então até era... O que interessa é que o meu comentário referia-se à vida em geral.
    Tens razão. Quem sabe o que quer luta.
    Mas pensa primeiro. Por diversas razões.
    Logo se verá o o que a vida me trará...

    ResponderEliminar
  4. Boa noite,
    Mais uma vez uma descrição profunda do que é o amor!
    Na presença dele a alma sacia-se e neste mundo real é tudo o que importa.
    Acredite!


    http://youtu.be/dNC2EOjbXUs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas suas palavras e pala musica.

      Continuação de um bom dia.

      Eliminar
  5. Amor, amor, amor. É o que se lê em cada linha que compões como se fosse música, com essas palavras bonitas que dominas tão bem :)

    ResponderEliminar
  6. Uma fantástica homenagem ao bonito sentimento que é o amor. Fantásticas palavras :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário