"Destempo"

Não venhas tarde. Quando o escárnio sentir, se perder nas palavras,
Nas horas vagas. De um oceano de desejo, em que beijo, mentindo não querer.
Enlaço-me em compassos, que nos comprimem no tempo, em que tempo não somos,
Sendo os segundos que passam, sem passarem por nós.
Desenho o nosso amor, na abstracção da imagem, na miragem utópica,
Que perdura nas mãos, cravando-se nos dedos, escorrendo em lágrimas...confessantes.
Grito em silêncios mudos, o que ecoa do âmago selvagem do meu peito,
Em ruas apertas e esquinas mal dobradas. Cortadas pelo desejo, de encurtar distâncias.
Visto-me de esperanças que alimentam o meu ser, esta pele que quer,
Para lá da vida, naquele amor que não se esbate...à chegada da morte.
Invado-me de saudade, dos fados cantados em casas pequenas, de vielas apertadas.
A cidade cai em mim, em recordação de ti, na paixão que respira,
Em cada fragmento...do meu respirar.
Afirmo amar, na ausência de dor, no querer que mata,
Sem matar-me...o sorriso.
Serei sempre aquele que te espera, para lá do esperar,
Do envelhecer do tempo, do fraquejar do peito, do enrugar da pele.
Enquanto me conhecer, conhecerei cada pedaço da alma, que mergulha no teu corpo,
Guardando-se dentro do teu olhar. Daquele que me enfeitiça,
Que me prende, na inexistência de grades, na liberdade de um amor.
Peço-te que não venhas tarde, que afluas no meu destino,
Em pujante sentimento, do teu intimo,
No presente que almeja-te, almejando-te eu em mim...


Comentários

  1. Como sempre adorei o teu texto. Quando pensamos que já lemos tudo, que já nada não do que possas escrever pode surpreender, ai vem outro texto ainda melhor que o outro, com mais intensidade, com mais paixão, com coisas escritas e sentimentos descritos que só os sabes tão bem escrever. É sempre mt bom vir aqui e ler-te. Beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Cada dia mais profundo. Parabéns pelos seus pensamentos de me suster cada respiração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelos seu comentário e por passar por cá.

      Um bem haja :)

      Eliminar
  3. excelente como sempre :)
    votos de boa semana

    ResponderEliminar
  4. Lindo :')
    Não consigo decidir se me parece mais uma "promessa" de amor eterno ou uma carta de despedida...
    Tem uma boa semana*
    (Ainda bem que existem pessoas como tu, a escrever de uma forma fantástica e que nos faz querer tanto acreditar que o romance ainda existe :) Parabéns! E obrigada :))

    ResponderEliminar
  5. Adorei :D... eu não conhecia o Blog mas parece incrível. Aceitavas ser um destaque no meu blog, entrevista-lo sobre o blog e claro divulga-lo
    Se sim mande um email para este email --> lovepeaceandwrite@gmail.com
    http://redroselovepeaceandwrite.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. adoro a profundidade das tuas palavras! apesar de vir cá há relativamente pouco tempo, estou completamente encantado com a forma como escreves :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário