"Não venhas Tarde"


Caio nas horas, em que me dissipo nos segundos,
Nos instantes em que te encontro, que nos encontro em mim,
São nessas horas em que tudo se esgota,
Em que o medo não brota, em que te amo sem fim.
Vivo na tempestade do sentimento abraçado ao meu peito,
Entre cortinas de fogo e oceanos em que me deito,
Sonhando com a primeira vez em que te vi,
Naquele exuberante reflexo, naquele que nunca mais esqueci.
Ergo-me neste homem que sou, nos poemas em que te narro,
Sempre que me aventuro no amor, naquele amor claro,
Imergindo no tanto que fica deste sentimento abstrato,
Em que de dois somos um, um só retrato.
Delineio o meu caminho, na vontade que tenho de ti,
Num confesso amor presente, sentimento que não perdi.
Espero-te um dia, quem sabe amanhã,
Na cálida chama que arde,
Nesta paixão que me consome,
Espero-te agora, não venhas tarde...
 
 

Comentários

  1. Gostei tanto!
    E que bom é quando temos motivos para esperar... :)

    ResponderEliminar
  2. Obrigada eu, pelas belas palavras que me deixas-te.
    É bom saber que quando se entra no meu cantinho se sente amor, porque ele é puro e verdadeiro. E, podes crer que vou lutar sempre, até não poder mais :')

    ResponderEliminar
  3. A espera não é má, se for por uma boa causa...

    Passei-te um pequeno desafio no meu blog :)
    http://apequenabonecadetrapos.blogspot.pt/2014/06/desafio-aos-bloggers.html

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  4. Existem pessoas que nos tocam o corpo, sem nunca nos terem tocado a alma...
    Outras, têem a capacidade de nos tocarem a alma, sem precisarem tocar o corpo!
    http://youtu.be/DZsYHlVhR-Q
    (Axel Rudi Pell - Touching My Soul ( tradução ) )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente com a frase, tocar a alma é um nível que nem todas as pessoas têm a capacidade de chegar.

      Obrigado, mais uma vez, pela partilha musical.

      Eliminar
  5. A imenso tempo que não vinha para estes lado, mas digo-te como sempre está fantástico, cada vez melhor e melhor! Adorei e digo-te valeu a pena esperar uns tempos e ver algo tão bom! Esperar vale sempre a pena...
    Beijinhos da nês

    ResponderEliminar

Enviar um comentário