Entra (em mim)...

Entra,
Entra por este quarto,
Por estas quatro paredes,
Por esta minha vida.
Irrompe pelo meu peito, penetra no meu corpo,
Entranha-te nas minhas veias.
Entra, debruça o teu ser sobre o meu,
Faz-me ser teu,
Faz-nos ser nossos.
Entra, não batas,
Invade o meu espaço,
Faz de ti, de mim um acelerado compasso,
Deixa em mim o teu pedaço,
Envolve-te nas mãos, no meu abraço.
Entra, fica, permanece, enlouquece,
Faz-me sentir o expoente da paixão,
Dar-te-ei sem pensar o meu coração,
Faz-me perder a razão,
Entra para ser a minha mais eterna forma de loucura,

A minha mais arriscada tentação...



Comentários