"Da noite"

Em segredos te tenho, em beijos te peço,
Neste corpo, neste começo,
No fim de mim mesmo que recomeça contigo aqui.
Sonhos sem fim que cobrem o meu corpo,
Procuro por ti em ruas desertas, rostos encobertos,
Sentimentos dispersos que não encontro no meu peito.
Faz-me um sinal, um simples olhar,
Faz-me perder no teu mar e arrasta-me no teu abraço,
Criaremos em nós o nosso espaço,
Ancorar-nos-emos em forte porto de abrigo.
Seremos então um eterno perigo,
Uma chama que arde em acto de combustão,
Onde os nossos corpos se tornam clarão,
Em que te beijo num desejo confesso de paixão.
Em segredos te tenho,
Em noites te espero,
Vem ter comigo,

Hoje procuro-te em mim...


Comentários

Enviar um comentário