Vi-te...

Olhei, em silêncio, num café deserto, num pequeno aglomerado de multidão. Senti paixão ou então o prolongar de um amor que vem crescendo em mim, que me vai levando, que te vem trazido até à minha memória. Fiquei a admirar pelo espelho o teu rosto rosado, confesso que pode ser pecado mas eu, eu desejei os teus lábios naquele mesmo momento. Há muito que sonho contigo, comigo, connosco, há muito que sonho ter-te entre os meus braços. Senti-te naquele espaço pequeno, repleto de cadeiras, de mesas, desprovido de vida, daquela que encontro em abundância no teu corpo. Sempre brilhaste mais que todas as outras, mais que outros rostos, outros sorrisos, outros olhares. Desejei-te pelo que vejo em ti e não pelo o que os outros pensam, desejo-te pela vontade que despertas em mim, pela verdade que encontro por detrás de um corpo belo de mulher. Não te procurei muito mais, almejei que o teu olhar se cruzasse pelo meu, a noite invadia-me mas, continuava a querer-te intempestivamente naquelas horas tardias. Nunca foste passado ou então minto se assim o disser, és presente, corres-me nas veias, percorres o meu corpo deixando marcas, marcas que não sei apagar. Pode parecer uma ilusão ou um devaneio da alma então mas, a verdade, é que conseguiste chegar a este meu coração, conseguiste ser muito mais do que um mais que pensava conhecer. Agora és apenas uma mulher, aquela que não me canso de querer. Quero-te aqui, perto de mim, num princípio sem fim, pele com pele, lábios com lábios, mãos com mãos. Quero-te, quero-te hoje mesmo...

Ateia-me...


Comentários

  1. Este está especialmente lindo. Há aqui umas partes que me tocaram imenso. Bela escrita :)

    ResponderEliminar
  2. Belíssimo texto. Gostei muito de por aqui passar :)

    ResponderEliminar



  3. Ora, aqui está alguém que padece do mesmo que eu. Pecado por desejar??? Não concordo, só é pecado quando se encontra e se fica por trás dos bastidores.
    Beijo
    Raio de Sol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      Concordo, temos é de viver, tentar, experimentar. A vida é mesmo para isso, para ser usada até que nos falte o ar.
      Beijo

      Eliminar
  4. Já a algum tempo que nao passava por aqui e admito que já tinha saudades de ler os teus textos. O desejo, o amor, a paixão, o quer ter, quem se ama, é uma grande história nas nossas vidas, uma história que pode ter um final feliz, que pode um dia ser a realidade que tanto queremos e ai já nao é história, nao é sonho, é a realidade um dia escrita e um dia sonhada... Um lindo texto. Um beijinho e bom carnaval

    ResponderEliminar
  5. O que escreves é tão lindo! Tens toda essa paixão dentro de ti... Ai, se os homens fossem como tu... é sempre tão agradável e reconfortante ler os teus textos. Este, especialmente, está lindo de morrer. Oxalá me escrevessem algo assim... O amor é tão simples. Para quê complicar? Tu demonstras tão bem este sentimento puro, bonito, eterno.
    A escolha da música não poderia ser melhor.
    Adorei ler. Adoro vir aqui ao teu blog. Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar

Enviar um comentário