Nudez de sentimentos...

Toque,
Pele apertada, junto a outra, junto ao coração.
Tremor do corpo,
Gestos saciados,
Naquele quarto, naquele colchão.
Roupas espalhadas,
Almas perdidas,
Horas repartidas,
Beijos, amassos, promessas, escravos.
Sonhadores, devoradores, do sentimento, do corpo...
Amantes próximos,
Desconhecidos,
Complementares,
Eruditos.
Eu, tu, nós,
Apenas sós,
Num mundo cruzado de destinos traçados,
Em que ficamos naqueles lençóis saciados.
Depois de ires, deixas por cá o sabor,
Dos teus lábios, da tua pele, do teu suor,
Peço-te mais cinco minutos, só para ficares,
Sentas-te junto à cama e vejo que, a chama, não é só paixão,

É amor, daquele que me despertas no corpo, que me marcas no coração...



Comentários

Enviar um comentário