...

Escarlate coração que sentia, os olhos fechavam-se e acomodavam-se numa expressão confortável. O tempo passara e, no aconchego das mantas e dos filamentos que tocavam a sua pele, ele desenhara, em traços firmes, o rosto da expressão de quem lhe habitava o pensamento. Era uma tarde fria de Inverno e a chuva desencadeava, na sua janela, uma melodia repetitiva que emergia numa vontade intensa de rever o olhar de quem o fazia sorrir. As horas pareciam estagnadas entre uma chávena de chá de menta, trazido de Marrocos, e um livro de cabeceira, aquele que narrava, em prosa, a história de um amor vivido, num tempo diferente mas, com uma intensidade tão semelhante àquela que corria desenfreadamente pelo seu corpo. Olhando ao longe via o mar, aquela agitação de corpos transparentes, reluzentes que, ao revoltarem-se entre si, formavam a espuma que se depositava no areal, que criava um ambiente envolvente absorvido pelo semblante alegre que iluminava o seu rosto. A música corria no rádio e, foi uma dessas melodias, que o fez reviver um passado recente, que o fez voltar uns meses atrás e constatar que, no desconhecido de um conhecimento tão antigo, descobrir naquele ser que habitara, mesmo junto à porta da sua casa, bem mais que um corpo ou um rosto delineado pela arte da perfeição. Encontrou naquele ser amor, um amor sentido, descrito em livros ou até mesmo epopeias que não exprimem, em palavras, tudo o que é conjugado pelo seu coração. Ajeitando os óculos, debruçou-se sobre a luz do candeeiro, imergiu nas palavras e fez daquela a sua história, daquele romance, o romance que ele tanto almejava partilhar com quem lhe roubara toda a atenção um dia, num mês de Fevereiro, num passo repentino que o confrontou com o verdadeiro...



Comentários

  1. As tuas palavras tornam-se vivas no meu coração, consigo senti-las. É tão bom, vir aqui e ler estas maravilhas. Esta paixão escondida nas palavras, estes sentimentos cobertos por palavras. Que seja assim por muito tempo, que tenhas sempre esta vontade de escrever. Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Tens o dom da palavra! ADOREI!
    Bom fim-de-semana*

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde :)

    Exactamente! A vida dá muitas voltas e o que hoje parece estar garantido, amanhã pode não ser. Daí eu preferir que a vida me surpreenda, o que tiver de ser será, pelo menos é nisso que tento acreditar. Só não gosto de me iludir, de achar que tudo será exactamente como planeei, por norma acontece exactamente o oposto. Fico feliz por teres gostado, volta quando quiseres, terei todo o gosto em te ‘receber’.

    Um beijo*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário