Querer(-te)...

Quero-te apressadamente, eternamente de forma dormente,
Quero-te simplesmente, de coração e mente, quero-te.
Quero-te somente, sem pressa nem dissolvente, quero-te, quero-te sempre.
Quero-te desajeitada, despenteada ou de roupa rasgada,
Quero-te sorridente ou stressada, quero-te por tudo, quero-te por nada.
Quero-te deitada, acertada ou então acelerada,
Quero-te descompassada ou no compasso do meu sentir,
Quero-te no passado, no presente e num futuro que há-de vir,
Quero-te em mim sem promessas de desistir.
Quero-te pelo olhar, pelo sorrir e pelo expressar,
Quero-te nas melodias, nas palavras vazias ou nos sinais deitados ao ar,
Quero-te quente, fria ou fugidia,

Quero-te amar sem pressa do dia seguinte chegar...



Comentários

  1. Não conheço outra forma de se querer :)

    ResponderEliminar
  2. Uma boa declaração de amor. Querer é poder, quem quer luta, quem luta um dia vencerá, acredita em ti. É tão bom passar aqui, inspira-se alegrias, boas energias, e expira-se tristezas e más energias. Dá conforto o teu cantinho.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Oh, que romântico, a rapariga de quem falas deve ter muita sorte :D
    beijinhos
    "Eu quero marcar um Z dentro do teu decote
    Ser o teu Zorro de espada e capote
    P'ra te salvar à beirinha do fim" (gosto muito da música)

    ResponderEliminar
  4. Um querer desmesurado.

    Intenso e poderoso!

    Gostei!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário