Inteligível sentir...

São entendimentos,
Sentimentos sem argumentos,
São a cama quente, o respirar ofegante,
São dois caminhos pertencentes a um ser errante.
São beijos sonhados,
Noites perdidas de sonos roubados,
São a vontade de ter,
Do momento acontecer.
São sorrisos solitários,
Um amor que não encontra horários,
É um pouco de mim em histórias banais,
São palavras, vidas, projectos, sinais.
Tudo é o saber do teu querer,
O viver apenas com o que se quer,
São amores vivos em mim,

Pedaços de coração endereçados somente a ti...



Se amas, agarra, luta, vive, partilha. Não vás em ciúmes, em inverdades, em fugas e muito menos em esquecimentos. O verdadeiro permanece, quem te quer espera o momento, mas todos vivem de sinais, de divisão, se tudo é silêncio acaba-se por perder uma forte paixão...


Comentários

Enviar um comentário