Palavras simples...


Sinto-te perto, ausente, presente. Sinto cada toque da tua alma que o meu corpo percorre num bailado de vontades e de sonhos meus. Hoje sinto o brilho neste meu olhar, o calor que o meu corpo percorre desencadeando uma utopia que se quebra sempre que avanço, um pouco mais, sempre que te sinto um pouco mais. Amores e vidas cruzadas, paixões sentidas numa outra atmosfera que envolve duas pessoas com um só coração. Complementaridades dispersas entre sinais vivenciados, entre um querer intenso que rompe com qualquer imagem previamente construída na voz de quem não consegue conhecer. Acredito que quando se ama é que se conhece a outra pessoa, é que podemos dizer que seguimos aquele coração, que acreditamos naquela alma, que adormecemos a pensar naquele rosto. Acredito em tudo isto, acredito em tanto, acredito e é neste acreditar que avanço. Nunca haverá maior verdade do que aquela vista pelo nosso olhar, um olhar que fala no silêncio, que se exprime nas pequenas coisas que acabam por fazer toda a diferença. Ama-se de forma simples e é nessa simplicidade que nos perdemos para, mais tarde, encontrarmo-nos num outro caminho, numa outra história, numa série de significados que nos fazem perceber que aquela é a nossa vida, que é isso que dá sentido aos sonhos que sonhamos. Enquanto houver sentimento vive-se porque, uma história de amor é intemporal, pode terminar num momento mas perpetua-se na recordação de quem a vive. Sejam felizes, façam alguém feliz também...




Não há destinos, não há coincidências, o que existem são vivências que surgem das escolhas que tomas, dos sentimentos que fomentas e das lutas que travas por aquilo que, realmente, queres...



Comentários

  1. és tão subtil com as palavras, amo tudo o que escreves, és excelente, escreves mesmo muito bem. Todas essas comparações e metáforas maravilham a minha mente e fazem-me sonhar.

    ResponderEliminar
  2. Eu também acredito. Embora seja extremamente impaciente.
    Sabes o que me define quase na perfeição?
    "O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê!" Florbela Espanca
    :)
    sou impaciente mas por muito que diga que não acredito muito, sonho muito, fantasio muito. E gosto que assim seja.. Com o senão de ter uma sede de viver insaciável :)
    Hoje, amanhã, todos os dias da tua vida.. ama, luta, sente e acima de tudo sê.. sempre o mais extraordinário que conseguires*

    Eu gosto de sentir que existe uma espécie de caminho delineado para nós, mas que são os nossos passos que fazem a diferença. A diferença deve ser feita todos os dias*
    Por isso sim, por muitas lutas internas que trave, hei-de amar sempre!
    bjinho e tem uma boa noite*

    ResponderEliminar
  3. Eu não diria melhor: sem barreiras, sem medos, sem constrangimentos. Que este seja o primeiro dia das nossas vidas. Que se AME ao máximo! :)

    ResponderEliminar
  4. completamente apaixonante a forma como escreves!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário