Forma de amar...


Em esperas te espero, em vidas te tenho,
Corpos pedintes de um só coração,
Gestos e sonhos em formas de prosa,
Confissões feitas numa só canção.
Homem que fui e que hoje sou,
Narrador de histórias vividas em tom de verdade,
Arreia fina de uma praia conhecida,
Amor crescido numa eterna realidade.
Espectros passados de nevoeiros que se dissipam,
Sentimentos voláteis numa sala vivida,
Melodias ecoantes de um capitulo erigido,
Numa carta escrita e por ti sentida.
Olhares que se cruzam para mais tarde recordar,
Distâncias que nos separam sem o sentimento matar,
Rios de barreiras e pontes por ligar,
Um amor verdadeiro que surge em quem sabe amar.
Aquilo que sou, pelo que luto,
Amor que neste peito vejo crescer,
Sou um homem que tem tempo, que acredita no momento,
O que tiver força acaba por acontecer.
Se há dia em que dou por mim a sonhar,
Nesse dia entras tu, sem pedir permissão,
Aquela vontade que tenho apenas de te abraçar,
Num beijo sentido, num provar da paixão.
Espero por ti neste momento,
Sem tempos, nem mesmo pedidos,
Promessas não faço, prefiro mostrar,
O que o coração sente, esta minha forma de amar...


A voz do coração grita o teu nome,
Em ruas desta vila que te conhece os passos,
São os retratos de um amor que nasceu,
No dia em que o meu coração a tua alma conheceu...

Beijem com vontade, beijem a sorrir, a chorar, beijem na boca, na cara, na testa, beijem timidamente, beijem com fulgor, beijem por amor, beijem por paixão mas beijem. Feliz dia do beijo :)


Comentários

  1. está super perfeito que até me deixou sem palavras...

    ResponderEliminar
  2. Que saudades que tinha de cá vir e inspirar-me nestas tuas palavras. Gostei muito :)

    ResponderEliminar
  3. A tua forma de amar é de facto muito especial!

    Um beijinho e Bom Fim-de-Semana :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário