A minha forma de ver o amor...


Hoje deixo um texto mais descontraído, que fala de amor e da forma como eu o vejo e como o vivo. Sejam felizes, façam alguém feliz também. Beijos e Abraços

Sonha, sonha com um amor real, um amor que te tire a respiração, que te faça sorrir sem motivo. Preserva a chama, ateia o sentimento e faz com que a luta valha a pena para os dois. Segue o coração, escreve, arrisca um pouco, dá de ti e não dês contigo a fugir do que tanto queres. Dá tempo, mas não dês tempo de mais, liberta os medos que o teu corpo percorrem e agarra o que tanto queres. Diz por palavras, por códigos somente vossos, não te esqueças que numa história verdadeira não é o grande que conta, o que é visto ao olhar dos outros mas, sim, o que é partilhado por dois corações, por um só olhar. Fomentem o que queres, namora às escondidas, pega na mão da outra pessoa e andem por aí, sem rumo, andem e vivam esse sentimento. Não desesperes com partidas, com distâncias ou com outras pessoas, o amor, quando é verdadeiro, permanece, o amor não dói, o que dói são os caminhos que as pessoas escolhem associando ao amor. Sorri, abre a janela, acredita, cada dia é uma oportunidade e tu não queres desperdiçar mais dias da tua vida, pois não? Então salta da ficção, dos filmes que vês e que te arrepiam a pele, salta para o mundo real, sai da tua zona de conforto e vive o amor, sente-o, agarra-o a ti, respira com ele. Aprendi com a vida a ver assim o amor, o amor que me desperta tantas emoções, que me faz sorrir, que me faz viver, que me faz crer que tudo tem um momento certo, que tudo traz consigo um ensinamento. Não desesperem, não desistam de nada, hoje chove mas amanhã quem vos diz que não estará um grande dia de sol? Agora não se agarrem a passados, não descurem presentes e foquem-se num futuro feliz mas, para isso, têm de começar a viver hoje, a saber o que, realmente, querem. Tudo é verdadeiro desde que nos faça felizes, tudo é certo desde que se faça com o coração. Agarra o momento, toca no firmamento, faz de ti personagem viva, na tua história, na vossa história, numa história que fala de amor...


Se há coisa que aprendi com a vida foi a cuidar do que é meu, a esperar o que é verdadeiro, a lutar pelo que vale a pena, a desistir do que não faz sentido, a perseguir os sonhos, a sonhar de olhos abertos, a ver que o destino é resultado do que fazemos e a confirmar que o amor chega, entra e permanece em nós sem pedir permissão...



Comentários

  1. Adorei as imagens.. E a música então.. Diz-me tanto, mas tanto.

    Só te desejo a maior sorte do Mundo. Era tão bom se existissem mais pessoas como tu por aí.. a acreditar e lutar pelo que querem.
    bjinho

    ResponderEliminar
  2. Olá! Partilho da tua opinião, só não luto como tu... mas há anos que não quero nada pela metade.
    Como sempre adoro as tuas ideias e os teus sonhos!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. sabes tão bem falar das coisas simples. amanhã vais receber a praia e o verão dentro de um envelope :) beijinhos grandes*

    ResponderEliminar
  4. Vive essa chama que não se apaga nunca em ti :)
    "Quando a gente gosta, a gente cuida".
    Obrigado por me fazeres sonhar, por me fazeres acreditar um pouco mais todos os dias, por me dares esse pedaçinho de ti, em cada palavra que escreves.
    Continua, e não percas a força que há em ti.
    Beijo :)

    ResponderEliminar
  5. Aiii este texto fez-me voar! Tão verdadeiro, tão puro, tão lindo... Tal e qual como o amor! :D Parabéns, está fantástico! :)

    Beijinhoo *

    ResponderEliminar
  6. O amor nunca é uma perda de tempo.
    Gosto sempre de passar aqui, identifico-me sempre com as tuas palavras.
    Forte abraço

    ResponderEliminar
  7. Fossem, metade das pessoas, o que tu és e o mundo seria um bom lugar para se viver. Não que não seja, porque nós temos de fazer com que seja (e aos pouquinhos vamos conseguindo)... mas a tua forma de "falar" de amor, de ver as coisas de uma forma tão simples e tão bonita...É.

    Beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário