Palavras de poemas teus...


Há verdade no olhar, um mundo por conhecer,
Instantes em que nos perdemos, em que nos começamos a aperceber,
Aqui o amor toma vida,
E a vida, espera pela chegada do teu corpo.

Um amor que surge de forma diferente,
São estrelas e mil sois e uma vontade de te ter, da tua alma conhecer,
Prosa e poema que me falam em sentir,
Que a ti na minha vida tanto almejam incluir.

São palavras que falam de nós, de um eu e de um tu,
São confissões silenciosas de um medo de errar,
Aqui e agora ficam os segredos guardados,
Aqueles que tão bem te sabem amar.

Os dias ganham a forma de um querer que cresce sem cessar,
De uma musica que lembra mesmo sem lembrar,
É o destino cruzando, juntando mais uma vez,
Quem apenas não desiste, quem no fundo sabe quem és.

Resta apenas o arriscar, o falar com o coração,
São passos que devem ser dados, instantes que devem ser sentidos,
São histórias que conhecem a sua direcção,
Histórias em que duas pessoas se amam, em que momentos são vividos...


Não esperes por um final feliz, faz da tua vida felicidade, da teu sonho realidade e do teu amar, faz um conto que te possibilite sorrir sem parar...



Comentários

  1. Amei meu caro André a muito que nao comentava este teu cantinho esse teu pedacinho mas mas acompanho sempre e é sempre bom ler-te tens um talento , um beijo e continua sempre assim

    ResponderEliminar
  2. É o primeiro poema que te leio!
    Muito bom gostei! :3

    Abraço :)

    ResponderEliminar
  3. Cada vez mais gosto de te ler.
    E as imagens que escolhes são fantásticas :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário