Valerá sempre a pena?


Para começar mais um fim-de-semana, nada melhor que colocar a música a tocar, aconchegarmos o corpo com uma manta e aconchegarmos a alma com palavras que falam de amor...
São momentos, momentos que nos preenchem o sonhar, que nos fazem avançar, que nos ensinam a amar. São momentos, momentos meus, momentos a sós comigo mesmo que me fazem perceber, que me fazem esquecer, que me dão outro rumo, outra nova aventura à minha história. Vou-me guiando pela correnteza do meu sentir, vou seguindo, passo a passo, calmamente, de forma a que, tudo seja verdade, a que eu não seja mais uma mentira. Debruço-me sobre o que tenho em mim, estes projectos de vida, esta sede de querer, de caminhar no desconhecido, de arriscar no silêncio das minhas palavras. Sou tão eu, sou tão tudo que tudo me torna nada, que tudo me torna o que queria apenas ser, eu. Falo do sentir como falo de um café quente, falo porque falo do que gosto, do que sinto, do que me corre por entre a veias iluminando o meu rosto, dando brilho ao meu olhar. Hoje inundo-me de mim mesmo, inundo-me desta minha forma de ver o mundo, de conceber a minha história à semelhança das minhas vontades, dos meus desejos, daqueles segredos que um dia partilharei. Não nasci para fugir, não cresci para me esquecer do coração que me move, que me matem vivo. Prefiro encarar a vida desta forma, despreocupado, em que tudo alcança um lugar, em que tudo tem um tempo, em que nada é igual, porque tudo existe sempre um diferente. Gosto disso, da diferença, da diferença que marcam as pessoas, que as tornam únicas, especiais naquilo que melhor fazem, viver. Não me condeno por ser assim, não me condeno por pensar em amar em detrimento de usar, pensar em cuidar esquecendo o que é abandonar. Hoje, hoje falo de mim, um pouco de quem escreve estas linhas, de quem se revê nas suas histórias de quem, humildemente, vos fala de amor...


Se em todos os sonhos que sonhássemos déssemos de nós para os realizar, não perderíamos tempo apenas sonhando, porque o sonho tornar-se-ia real...



Comentários

  1. Primeiramente, gosto imenso desta música, a voz da Carolina é doce e transmite cada palavra.
    Depois o texto, aconchegou-me claramente a alma e deu-me um toque de beleza para iniciar o fim de semana.
    O hoje é o mais importante momento da nossa vida e todas as pegadas que vão ficando cravam-nos a memória das mais variadas e bonitas maneiras. Á semelhança de ti, a diferença é algo que tenho imposto como algo bom, a diferença vale a pena, a diferença é cada um de nós, a diferença faz-me ser um Ser que ama de forma incondicional e que sente como outrora ninguém ousa sentir. Que essas carateristicas que te definem diariamente, e o teu "apostar" na diferença, façam sempre parte de ti, porque tu tens um brilho tão próprio, tão natural e tão bonito.
    Um beijinho querido André*

    ResponderEliminar
  2. música linda e texto absolutamente lindo, o que há mais para dizer?:')

    ResponderEliminar

  3. Ola ola,

    Novamente acertas-te na musica! impressionante como acertas nas palavras, na musica e nos tempos! realmente tens um gosto muito refinado :P

    Quando ao teu titulo, que hoje merece grande reflexão: "Valerá sempre a pena?" Acho que sim, vale sempre a pena. Por pior que seja a situação, por maior que seja a desilusão e por mais difícil que seja o momento devemos sempre encher-nos de nós próprios.

    A vida é isto mesmo: dar oportunidades, perdoar, errar ... ser perdoado, aprender com os erros e continuar a perseguir os nosso sonhos, mas sempre acompanhado =)

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Eu sou uma pessoa que tem bastante medo, devido às circunstâncias da vida, contudo não deixo de pensar positivo, não deixo de olhar para a frente, não deixo de passar para as outras pessoas "boas energias", porque acho mesmo que a vida é assim, feita de boas energias, é feita para ser vivida, feita para conhecermos e nos darmos a conhecer. Por vezes penso "nossa, há tanta coisa que ainda não sei sobre este mundo, e mesmo que por vezes me assuste cada vez mais viver nele, há situações no nosso dia-a-dia, tão simples e que nos mostram como as coisas são fantásticas", nomeadamente ver alguém sorrir, acho que já é algo que nos faz "ganhar" o dia.
    Eu quando alguém está a passar por um momento difícil costumo dizer "força, porque quando digo para teres força é para teres ainda mais do que aquela que pensas que tens, porque toda a gente tem mais força do que aquela que pensa que tem".
    Oh, nada de mais, sempre às ordens André :)
    "seja verdade, a que eu não seja mais uma mentira" - sempre tive medo de viver algo fictício, e há algum tempo atrás vivi, mas acabei por perceber a tempo que o que era aos olhos do mundo, não era a realidade. O que é facto é que estamos sempre a aprender, e claro, por vezes a vida também nos prega partidas boas :)
    "diferente" - acho que é uma das palavras que me caracteriza, de certo modo.
    A música mas é super linda, ouço-a imensas vezes :')
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. 1- sobre o teu comentário que tu dizes é bem verdade se o o amor for verdadeiro e levado com calma torna tudo mais fácil e unico, é bom ler com é bom sentir o sentimento que ambos idealizamos nos nossos post's mas de maneira diferente 2- agora referente a este post a musica esta linda nao a conhecia amas adorei, nao sei como vais tendo tanta inspiração mas digo-te o que tu escreves e lindíssimo um bom fim de semana um beijo

    ResponderEliminar
  6. "Hoje, hoje falo de mim, um pouco de quem escreve estas linhas, de quem se revê nas suas histórias de quem, humildemente, vos fala de amor..."

    Adoro :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário