Hoje falo eu...


Hoje tira um pouco do teu tempo, tira um pouco dos teus segundos e lê com o coração, sente com a alma. Irei responder a todos os comentários, desculpem a ausência mas o tempo tem sido escasso. Beijos e Abraços

Desde cedo aprendi comigo a amar, sabia que era diferente, que pensava de forma diferente, que sentia de forma diferente. Levei muito tempo da minha vida assim, enquanto outros brincavam pelas ruas eu, eu lia as histórias que me enchiam o imaginário, que me amadureciam o coração. Sempre fui sonhador, sempre sonhei de mais, sempre lutei por esses sonhos que tinha o dom de sonhar a todas as horas, em todos os lugares. Cresci com a certeza que o amor era algo sério, que dele não poderia surgir a dúvida, que nele não se contemplava a traição. Aprendi a respeitar o amor, a respeitar a mulher como ela é, com o que de melhor ela tem, o coração. Sim, sou homem, sim um bonito corpo me atrai, mais um coração bonito cativa, prende, sabes o que é isso? Sabes o que é amar de verdade? Então é disso que falo, de amar de verdade, a todas as horas, conhecendo a pessoa por nós mesmos e não pela opinião ou pela voz de outros. Sei que é assim que temos de encarar a vida, assim mesmo, sabendo o que queremos, mas sobretudo sabendo quem somos, preservando o que de melhor possuímos. Quando amo, amo de verdade, quando quero, não quero por metade acreditem, porque concebo a vida assim, porque sei que os sentimentos são assim, verdadeiros, fortes, reais. Custa-me, custa-me ver pessoas que fazem da palavra “Amo-te” algo tão banal, que fazem com que ela se assemelhe a um simples “olá” ou um “Boa tarde”. Eu não consigo ser assim, eu não consigo pensar e sentir desta forma. Outra coisa que custa é classificarem os homens todos da mesma forma, os homens não são todos iguais, assim como as mulheres se diferem, entre as que sabem amar, as que sentem com força e as que ignoram o seu sentir, que seguem atalhos em vez de caminhos. Sempre ouvi dizer que temos aquilo que procuramos, que basta acreditarmos e é assim, é nesta base que avanço, que formo o meu presente sonhando com um futuro que me rasgue sorrisos, que me aqueça o coração, que me alegre a alma. Um homem nunca será mais homem por andar com varias mulheres mas sim, será um grande homem quando saber amar de verdade, à sua maneira, com aquilo que tem e não sendo a réplica de outro alguém. Um homem de verdade não necessita de provar nada, não necessita de mostrar nada, não necessita de se gabar de nada, porque um homem fala ao coração do mundo, ao coração do seu mundo, aquela mulher que ele ama, que ele sempre amou...




Espero que deixes de ser a princesa dos meus contos de fadas e passes a ser comigo a personagem principal da nossa história...





Comentários

  1. Pareces eu a escrever :)
    Muito já referi isso no meu blogue, de usarem a palavra "Amo-te" banalmente e não sentirem verdadeiramente o amor dentro de si. Parece que têm relações por desporto, hoje andam com um, amanhã com outro. Mas sim existem excepção e certamente tu, eu e mais uns quantos serão sem dúvida pessoas sinceras e que vale a pena tentar ser feliz, mesmo que não seja a pessoa "certa" :)
    Boa sorte com a tua "alma gêmea". Que ela passe da ficção à realidade.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. sim, realmente notei a tua ausência do meu blog mas compreendo perfeitamente uma vez que a falta de tempo também a mim muito me afeta e está até a fazer com que não escreva com tanta regularidade como todos os meus seguidores estavam habituados. mas há que compreender..

    em relação a ti, escreves sempre com a tua alma e isso reflecte-se totalmente na beleza de cada palavrinha escrita por ti. sabes que sou fã.

    ResponderEliminar
  3. Às vezes também me sinto sem rumo :$
    Obrigado pelas tuas palavras. Este teu texto está perfeito. Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. obrigada, temos de continuar e ver qual é o nosso caminho! beijinhos

    ResponderEliminar
  5. muito bonito o que me disseste e muito muito sentido e verdadeiro. dizes sempre coisas tão reais e genuínas :D

    ResponderEliminar
  6. A palavra "amo-te" está a perder a sua verdadeira essência tal é a forma banal como a usam.

    Quanto a ti, espero que consigas trazer a tua princesa para a vida real e dizer-lhe "amo-te" a sério :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário