A verdade reside em quem a vive...


Sente o pulsar do teu coração, chama que aquece sem queimar, verdade que te conhece sem errar. Sente a voz que dele sai, sente a tua vontade, respeita o teu sentimento. Ama o que te faz feliz, ama o que tens, o que guardas, as recordações que se encontram ancoradas ao teu peito. Vive uma vida inteira, vive as horas que te fazem sonhar, os dias que te fazem acreditar e os momentos que te mostram o que vale a pena, o que é teu, daquilo que não podes fugir. Sorri para a vida, afasta o que te faz mal e segue o teu caminho, sem receios de falhar, sem medos de fracassar, somente com a tua verdade, com aquela que te move, que te mostra o que é real, que te faz uma pessoa individual. Agarra o mundo, condensa todo esse mundo na tua história, sê o que sempre foste, sê a simplicidade do agarrar e a firmeza do ficar. Vive o teu momento, constrói o teu caminho, fomenta os teus sonhos, luta pelos teus projectos. Não desistas do que ainda nem viveste, não subestimes a tua força, ama amando, sonha sonhando e nunca mas nunca te esqueças que tudo muda e que terás de viver agora para não sobreviveres de recordações do que poderia um dia ter sido vivido...




Tudo tem um significado, tudo tem o significado que nós lhe atribuímos... Sempre :)




Comentários

  1. "acabamos por espelhar o que gostávamos de viver, que que almejamos alcançar" sublinho isto, que me disseste, porque é mesmo essa a verdade. Acredito que resultaria, pois tudo o que li aqui até hoje é maravilhoso e acredito que o livro iria fazer diferença e marcar os leitores.
    Força nisso, se é um dos teus sonhos :)

    ResponderEliminar
  2. hhahha gostei de ver umas sapatilhas vermelhas nestas fotografias, faz me lembrar algo familiar, hahaha!

    Bem antes de falar no teu post de agora, falando do livro que focas-te na minha imagem, para ti que és um amante e aprendiz da escrita, aconselho aquele livro "Para sempre teu", é um livro comovente que nos fala do amor mais puro o das animias é narrado na perspectiva de um cão e nas suas vidas, adorei mesmo!

    o teu texto como sempre resume se a viver e a sentir a vida, agarra-se a ela e a sentir todo o pulsar

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Temos romântico assumido :)
    Escreves muito bem e cativas sem dúvida. Hoje em dia é raro ver um rapaz a escrever desta maneira, tão sincera e tão transparente. Parabéns* Continua. Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ah! Esqueci-me de mencionar. Adoro a música ;)

    ResponderEliminar
  5. Muito bonito o texto e as respectivas imagens que a acompanham. Num momento tão complicado como o que o país atravessa sabe bem ler/ver algo de positivo.

    ResponderEliminar
  6. No dia em que voltar a ter alegria para escrever coisas tão belas e positivas como as que deixas neste teu cantinho vou voltar a ser uma pessoa feliz. Sempre que aqui passo sai-o um pouco mais calma e feliz , pois tens o dom de transmitir paz e amor em cada palavra que escreves :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário