Força interior...


Vive sem tempos, sonha sem receios,
Arrisca todos os dias, nem que seja por ti mesmo (a),
Ama o que tens, preserva o que possuis,
Valoriza o és, valoriza o que fazes...

Vive uma vida, vive as horas, sente os segundos. Faz magia em cada sonho que sonhas, dá de ti, coloca sempre um pouco do teu sentir em tudo o que dás. Não procures de mais e vive demais, não esperes demais e acredita em todos os sonhos que fomentas dentro do teu peito. Luta por ti, luta por escrever a tua história, repleta de vida, preenchida de sorrisos. Faz das perdas ensinamentos, das partidas algo que te fortaleça e das chegadas o hino que te faz avançar sendo o que sempre foste. Ama hoje, ama uma vida inteira, não tenhas medo de outras palavras e vive as tuas próprias verdades, porque ninguém te conhece melhor que tu mesmo (a), ninguém sente o teu sentir melhor que tu...




Numa das voltas da vida descobrimos que o amor não morre porque o queremos, que o esquecimento não chega porque o desejamos, que a recordação não se apaga porque a almejamos. Numa das voltas da vida, vemos que há coisas que não se esquecem, que há histórias que não acabam, que há sonhos que não morrem...


Comentários

  1. Olá,

    Ora aqui está mais um bonito tema e ainda por cima sobre algo que é essencial a todos nós força interior, uma força de vontade que no fundo só é possível quando estamos confiantes e com a auto-estima no ponto.

    Acho tão bonita aquela quadra que escreves-te no inicio, devia ser um mandamento da vida, pois seriamos todos tão felizes se conseguimos agir assim. Como sempre sabes bem o que dizer para deixar as pessoas animadas e a pensar sempre por cima.

    Forte Abraço =D

    ResponderEliminar
  2. Adoro os seus textos, you are a wise love, sometimes it is not easy to fight for a story when there are people who want and can be damaged, your text touched my heart. Greetings friend from chile. :)

    ResponderEliminar
  3. fico contente por teres gostado do meu blog e do que eu escrevo. aqui é o unico sitio onde consigo ser sincera sem ninguem me julgar ou apontar o dedo.
    mas como digo e tenho vindo a dizer, ainda tenho de me esforçar mais para uma escrita ainda melhor e mais aperfeiçoada :x

    e o que dizes é verdade, pensamos que as pessoas voltam so para nao doer ainda mais, mas doi. doi sabes quando? na altura em que nos apercebemos que essas pessoas realmente foram embora de vez e nao queriamos aceitar isso a uns tempos so para nao termos de chorar e sofrer. digamos, meter areia para os olhos para nao ver o que é mesmo realidade.
    beijinho *

    ResponderEliminar
  4. adoro o que escreves, é sem duvida um dom, é fantástico mesmo :)
    é um prazer ser tua seguidora, obrigada pelas tuas palavras *
    aqui deixo o meu blog: pipocasbm.blogspot.com, faz-me uma visita e ajuda-me na escolha da próxima carta, dá a tua opinião sff. obrigada mais uma vez, e parabéns, continua assim!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário