Fácil seria...


Passam os dias, passam as horas devagar, na lentidão do recordar que fica, do sonho que perdura. Pedimos um pouco de silêncio, um silêncio que nos compreenda, que nos veja, que sinta cada batida do nosso coração, aquela melodia que ecoa, que nos faz tremer, ganhar ou até mesmo perder. Questionamos, questionamo-nos a nós mesmos, será o melhor caminho? Será a melhor opção? Se vivemos aquele momento é porque deveremos aprender com ele, aprendendo a amar o que deve ser amado, a fica por o que vale a pena, a sonhar com aquilo que, verdadeiramente, nos faz feliz. Temos de parar, um segundo, um pequeno segundo para nos ouvirmos, para ouvirmos a nossa vontade, para vivermos aquilo que merecemos, aquilo por o que lutamos, aquilo que faz falta para a nossa vida. Seria bem mais fácil se parássemos para ouvir, se tocássemos para sentir, se falássemos para entender. Esquecemo-nos que somos livres, livres das barreiras que tão injustamente criamos, aquelas barreiras que nos prendem, que nos enganam, que nos ferem. Pensar de mais impede de agir, sentir, por outro lado, faz-nos ver com clareza, pode não ser hoje, mas, de certeza que nos faz ver. Segue o teu sonho, cultiva a tua vontade, luta pelo teu sentimento, respeita o teu querer, não enganes o teu sorrir, não mascares o teu viver. Sê o que nunca ninguém foi, sê apenas tu...




Comentários

  1. Aqueles momentos de silêncio em que só estamos com nós próprios são muito importantes, mas podem ao mesmo tempo ser duros. Em alguns momentos podem trazer-nos para uma realidade que não queríamos ver. É por isso que, infelizmente, evitamos esses momentos importantes de silêncio.

    "Segue o teu sonho, cultiva a tua vontade, luta pelo teu sentimento, respeita o teu querer, não enganes o teu sorrir, não mascares o teu viver. Sê o que nunca ninguém foi, sê apenas tu..." - Um lema de vida. Se me permitires, coloco isto no meu blog, com os devidos créditos, claro

    ResponderEliminar
  2. Muito bem, como sempre é um prazer vir aqui encher me de inspiração e acender mais a minha chama pelo gosto da leitura, que tem sido muito influenciado pelos teus textos!

    Gostei especialmente da ultima parte, onde referes que nao nos devemos mascarar os sorrisos e felicidade, uma grande verdade! A duvida dos caminhos e incerteza corroí a felicidade e impede nos de viver as coisas boas das nossas escolhas, como sempre um ponto de vista muito certo e verdadeiro!

    Forte Abraço

    ResponderEliminar
  3. A vida deve ser levada de uma forma leve e por vezes pensarmos demais leva a que acabemos por tomar decisões erradas.
    Sabes, os teus textos nunca me desapontam! Parabéns :)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada, o teu comentário foi LINDO!! é sempre bom ler-te e receber-te por cá! já sabes :D

    ResponderEliminar

Enviar um comentário