Quindi non il mio amore ...

Gritos mudos percorrem aquele corpo repleto de saudade, instantes marcantes permanecem escritos no peito sentido de quem viu um amor perdido, esquecido de si, entregue ao lutar tardio de um destino rompido. Promessas ficam dispersas naquele mante difuso de dúvidas, naquele querer maior, aprisionado pelo orgulho de um partir antes de tempo, pelas palavras caladas que tanto diziam mas em nada eram entendidas. Na vida as oportunidades voam com a intensidade das horas, são oportunidades tão mutáveis que hoje ficam, que amanhã partem e que jamais se encontram misturando-se nos rostos de tanta gente, nas vozes distorcidas de quem nada sabe. Viver ao “faz de conta” faz de ti brinquedo, um brinquedo nas tuas próprias mãos, no teu sonhar que se esbate nos caminhos que segues que em nada se coadunam com o que crês para ti, com o que lutas sempre que te fechas no tu mundo esperando que alguém te vá buscar. Agarrar o mundo, pegar na simplicidade do sentimento e molda-lo ao nosso viver, tudo em simples gestos de humildade e não na futilidade de um mostrar, de um representar que se desmancha sempre que as lágrimas escorrem pelo rosto quando ninguém olha, quando o olhar dos outros lá não chega. Sentir vai muito para além do ver, daquele ver que tantos podem admirar sem conhecer o que a pessoa é realmente, sem conhecer cada traço que faz dela diferente, que faz dela única. Amar torna-se a cada dia uma palavra tão usada, sim uma palavra, porque não acredito que se ame de verdade em dois, em três, em quatro dias, o amor é bem mais do que isso, o amor é bem mais do que falar, do que pensar é e resume-se num sentir que atravessa a barreira do palpável, que se explica para além do explicável. O que o tempo faz passar, a saudade faz recordar, o que a saudade faz recordar é porque faz falta ao nosso viver e quando faz falta, o melhor mesmo é lutar, é agarrar de novo o que um dia deixamos fugir por entre os dedos. As nossas histórias são escritas pelas nossas vontades, as nossas vontades moldam o nosso ser, o nosso ser cria o sonho e o sonho, por fim, faz-nos avançar...




No amor descobre o teu caminho, no sonho descobre a tua vocação, nas partidas descobre as tuas oportunidades, nos erros descobre a tua maturidade, nas quedas descobre a tua força, nas palavras descobre quem te ama...

Non ci sono parole per dimostrare che ami, non c'è amore che tiene lo sguardo, non cercate oltre, perché il silenzio è rotto e hai te stesso oblio, vivere per vivere ...
Intervalo...

Comentários

  1. O amor é realmente um processo, uma caminhada que se faz dia a dia e deixa marcas pra sempre.
    Ótimo post. Obrigado pela retribuição da sua visita. Será sempre bem-vindo :)
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. maravilhoso;

    Se puder e quiser, segue meu novo blog!?

    beeeijo

    ResponderEliminar
  3. obrigado pela a tua opinião. O que é verdadeiro ultrapassa tudo, na minha opinião. Gostei muito das tuas palavras, são elas que dão me força para continuar :)
    beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Mais uma vez inspirador! Depois de um dia caótico, chegar a casa e lêr isto, dá-me força para sorrir e acreditar que tudo é possível.
    Beijinho*


    http://littlemissbf.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. obrigada por essas palavras, e claro que vale apena lutar pelo que se sonha!

    gosto muito da tua forma de escrever
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. "Na vida as oportunidades voam com a intensidade das horas, são oportunidades tão mutáveis que hoje ficam, que amanhã partem e que jamais se encontram misturando-se nos rostos de tanta gente, nas vozes distorcidas de quem nada sabe. " Tão verdade, tão lindo *.*
    Beijo*

    ResponderEliminar
  7. Obrigado pelos parabéns :p

    Continuo a não me cansar de dizer que sua escrita me encanta de mais +.+

    Pode passar por lá? sff e obg: http://www.facebook.com/itsnoworneverofficial

    ResponderEliminar
  8. Vim deliciar-me mais uma vez. Nunca percas este teu encanto. Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Sim realmente a 'confusão' dos exames fez-me afastar um pouco do blog, mas estou de volta e como disseste o meu coração está bem :)
    Está perfeito este texto o: adoro sempre o que escreves !
    beijinho :)

    ResponderEliminar
  10. obrigada pelos parabéns querido ! e mais uma vez as tuas palavras ficam no coração (:

    ResponderEliminar

Enviar um comentário