Puros instantes...

São instantes, simples instantes de um amor ali vivido, ali sentido por quem construiu uma história à medida do seu sonhar, nas horas de um viver que se torna bem mais feliz, bem mais real. As sombras de um passado dissiparam-se, agora, vivem este pressente, este tempo em que os promessas se perdem e o calor dos braços é o porto de abrigo em dias frios, o calar das palavras e o expressar dos sentimentos. Foram dias e dias de lutas inglórias, de caminhos errados e de um negrume que quase os afundou num sobreviver em que sentir era apenas mais uma palavra, mas jamais uma forma de vida. Acreditaram, lutaram e aqui estão eles, frente a frente, unidos pelo coração e vivos pelo sentimento que nutrem um pelo outro, que fomentam em tudo o que fazem, em tudo aquilo que acreditam. Os sonhos tornam-se reais para quem vive acreditando neles, para quem tem a força de seguir o que quer, de erguer o seu próprio mundo, de escrever a sua própria história. Ele e ela, dão lugar a um nós, a um nós difícil de desatar, impossível de derrubar. É na noite que encontram a paixão dos corpos, aquela forma de expressão em que se fundem em compassos descompassados, em que sentem os espasmos de um corpo, o desejo ali tão presente. Nos dias são o amor, o amor que reinventaram com os seus erros, com os seus caminhos, com as pessoas que foram passando por os trilhos traçados deixando marcas em forma de tatuagem, que podem se tornar mais fracas mas, que nunca desaparecem. Vivem segundo o que acreditam, segundo eles próprios descurando tudo o que fala sem saber, tudo aquilo que diz-se sem nada dizer. São o viver e o pintar dos seus mundos, são tudo, são nada, são a dualidade de um amor, são um viver intenso, são aquilo que se pode chamar de pessoas e não apenas de indivíduos...


“Love is the master key that opens the gates of happiness.”
- Oliver Wendall

You’re nothing short of my everything. ♥

Comentários

  1. acho... bem, acho que a escrita faz dessas coisas e oh, fico muito contente por conseguir fazer isso, conseguir transparecer os sentimentos e deixar que te leves neles... fico contente por ti e por mim porque olha, tu também consegues, e muito bem.

    ResponderEliminar
  2. Este texto está lindo!!! E relaciono-me totalmente com este texto. Que apesar de todas as lutas,de tudo de mau,ainda tenho a felicidade de estar com quem gosto :)
    Mesmo lindo!

    Já agora,muito obrigada pelo teu comentário!
    Muito obrigada por tudo :)

    Beijinho* grande

    ResponderEliminar
  3. oh, é tão isso. e também este transmite tanto sentimento.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Os casais que perseveram no amor.
    São mais fortes e muito felizes.

    Adorei.

    ResponderEliminar
  5. Oh Meu Deus, tive tanto tempo à procura do teu blog! E ao ler-te de novo, parece que o meu coração se completa mais um pouco * adorei

    ResponderEliminar
  6. deixas-me sempre com um sorriso enorme na cara!
    Adorei este texto, e a última parte está fantástica! torna-mo-nos pessoas a partir do momento em que vivemos com vontade e lutamos pelo que acreditamos, sem deixarmos que nada nos derrube. os indivíduos sobrevivem, suponho. *

    ResponderEliminar
  7. Intenso para minha fase atual este seu post. Obrigado por isso meu amigo. Obrigado!

    ResponderEliminar
  8. oh muito obrigada pelo comentário, aqueceu sem dúvida o meu coraçãozinho. obrigada

    também gostei muito do teu texto, mas isso já não é novidade

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  9. Sentir carinho e amor, me faz acreditar que ainda há coisas no mundo que vão mudar .

    ResponderEliminar
  10. tão profundo. «Ele e ela, dão lugar a um nós, a um nós difícil de desatar, impossível de derrubar.» nós entre nós

    ResponderEliminar
  11. É sempre tão bom "cair" aqui neste teu cantinho e entrelaçarmo-nos em mais um texto que nos faz sonhar e viver por instante uma história que não é nossa.
    O texto está lindo. És tu, através destes textos, que nos fazes acreditar que amores como este podem de facto existir e habitar em nós por um tempo infinito.

    Obrigada pelas palavras e desculpa não ter andado a comentar...não tenho andado nos meus dias, mas acredita que passo sempre por cá! :)
    Beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário