Instantes Lúcidos...

Sempre caminhei, sonhei bastante mesmo que a vontade de desistir fosse maior do que aquele que me fazia levantar e hoje, hoje posso finalmente respirar a alegria de um amor real e despido de mascaras, verdadeiro e não simples migalhas que caiam pelo soalho desta minha casa. Ouço ainda as vozes que perduram aqui, as recordações são tantas e o tempo tão efémero. Aprendi a sonhar comigo mesmo com a enorme vontade de ser feliz que sempre tive, pediram-me para desistir e até outras ficaram ali à espera que caísse para se sentirem mais satisfeitos. Na verdade sofri e isso não nego, sofri quando perdi, quando amei loucamente, quando parti na hora em que a despedida era inevitável. Agora não, ninguém me rouba o sonhar e o amor, este meu amor, é forte, é maduro próprio das quedas que dei e dos erros que cometi. Não sou perfeito nem nunca o quis ser, posso até não ter muito mas esse pouco que tenho faz-me feliz, tem o poder de alterar os meus dias e de fazer de mim o homem que sou hoje que prefere amar do que se entregar sem sentir amor. Nunca escondi o que sinto, nunca fugi das fragilidades que todos temos, tenho os meus receios mas sei como enfrentar o que preciso para conseguir um dia escrever o meu mais forte amor, aquele que ainda nem chegou a este meu coração. Os caminhos parecem escuros mas nunca fui de abandonar as minhas lutas, nunca fui de lamentar o que não foi vivido porque na verdade arrependo-me do que faço e não do que um dia deixei por fazer e que me pesa na alma até aos dias de hoje. Continuo a acreditar que das verdades vêm os melhores frutos e que do tempo sairá a felicidade que sempre lutei, os segundos passa e as histórias têm o dom de se alterarem, de mudarem amores e de reinventar personagens e nós, que dom nós temos? Temos aquilo que precisamos, um coração que por vezes nem sequer olhamos para ele, preferimos pensar com a razão que nos afasta de um sonho, de um viver despreocupado, livre, vagabundo. Gosto de pensar assim, porque nestas fantasias consigo sorrir, consigo acreditar em mim, em ti, em nós num presente e não mais um passado lamentado eternamente, um passado que a mim já nem me toca mais. Amor, amor o que é feito de ti? Das tuas canções alegres e dos sorrisos rasgados? O que é feito das minhas histórias? Das minhas vontades? Do meu acreditar? Certamente terei de esperar um pouco, mais um pouco sentado neste meu vazio repleto de tudo o que para mim pode ser muito e para ti apenas a insignificância de quem sente mas que não é o centro das atenções, aquele mesmo que jamais te fará subir ao patamar que sempre quiseste estar. Desculpa se a minha forma de amar é simples, se prefiro apenas ser eu e não representar modestas farsas que fazem toda a diferença num mundo em que se repara mais no que a pessoa têm do que no que sente. Os sentimentos perduram, o amor jamais morre e o aspecto o que acontece? A pele envelhece, o sorriso perde o brilho, os olhos tornam-se enrugados, os músculos flácidos, o cabelo diferente e nesse momento o que resta? Nada, porque nessa altura o encantamento perde-se e o amor vê-se que nunca existiu na verdade. Nem sempre nas mais ofuscantes pedras está o melhor valor, nem sempre nos maiores frascos está a melhor essência, o brilho pode se tornar um vidro que de nada vale, e o perfume maior pode ser apenas ar, vazio, enquanto tudo isso nos prende acaba-se por perder diamantes, verdadeiros diamantes e as verdadeiras essências são saboreadas e sentidas por quem soube escolher não pelos outros mas por si próprio... 


O amor é simples...


O amor é construído passo-a-passo... 


Seguindo sonhos e projectos juntos...


No amor não se precisa de grandes coisas para sermos felizes, podemos até nos sentar no chão mas temos sempre alguém que se senta connosco...


Comentários

  1. obrigada aserio(:
    as tuas palavras tambem são maravilhosas (:

    ResponderEliminar
  2. de nada :)
    mais um texto maravilhoso! "Agora não, ninguém me rouba o sonhar e o amor, este meu amor, é forte, é maduro próprio das quedas que dei e dos erros que cometi. " adorei esta expressão. um resto de bom feriado também para ti. beijinhos *

    ResponderEliminar
  3. Grande elogio o teu :) muito obrigada!

    ResponderEliminar
  4. O amor é algo simples mas ao mesmo tempo complexo. Só se ama sem medos da primeira vez, as seguintes são diferentes formas de amar. Aliás, quem conseguirá definir o amor? É algo que cada um sente à sua forma. Cada um tem as suas dúvidas, as suas perguntas, os seus medos. No entanto cada um ama, de forma forte e sólida. Só precisa encontrar a pessoa certa para amar. E aí, todo o mal do passado começa a esfumar-se!

    [obrigada pelo comentário e por seguires, gosto de saber que os meus leitores gostam do que escrevo ;)]

    ResponderEliminar
  5. de nada, obrigada eu. fico tão feliz por teres gostado, acredita (:

    ResponderEliminar
  6. Lindíssima a maneira como descreves o que é o amor para ti =)
    Adorei a tua expressividade e emoção nas tuas palavras,verdadeiramente magnifico.
    E já agora,muito obrigada pelo comentário!!
    E sim,estou muito feliz agora que vou estar com ele =)

    Beijinho* grande,e obrigada!!

    ResponderEliminar
  7. "No amor não se precisa de grandes coisas para sermos felizes, podemos até nos sentar no chão mas temos sempre alguém que se senta connosco..." adoro adoro adoro *---* Escreves fantasticamente bem <3 Beijinho (:

    ResponderEliminar
  8. Uau! Escreves mesmo bem, fiquei emocionada com cada palavra que escreves-te, parabéns, este texto está excelente! Sigo *.*

    ResponderEliminar
  9. Admirada com a perfeita edificação dos seus pedaços. (:
    Gostei muito, sigo-te.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  10. "No amor não se precisa de grandes coisas para sermos felizes, podemos até nos sentar no chão mas temos sempre alguém que se senta connosco..." e sim o amor é tão isto

    ResponderEliminar
  11. Antes de mais, muito obrigada por me seguires no meu blogue e pelo comentário.

    Devo dizer que o teu blogue é lindo e este post então, amei porque me identifico totalmente com ele.

    Beijinho *

    P.S. É claro que também estou a seguir :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário